Práticas alimentares parentais: a percepção de crianças acerca das estratégias educativas utilizadas no condicionamento do comportamento alimentar

Nádia Prazeres Pinheiro-Carozzo, Jena Hanay Araújo de Oliveira

Resumo


As práticas alimentares parentais são comportamentos ou estratégias utilizadas pelos pais para extinguir comportamentos alimentares inadequados e incentivar a ocorrência de comportamentos alimentares adequados em seus filhos. Este estudo teve como objetivo avaliar a percepção das crianças acerca das práticas alimentares utilizadas pelos seus pais, quais sejam: controle da alimentação feito pela criança, uso de comida para o controle das emoções, incentivo ao equilíbrio e variedade alimentícia, ambiente com presença de alimentos saudáveis, alimento como recompensa, envolvimento, modelo, monitoramento, pressão para comer, restrição alimentar por saúde, restrição alimentar para controle do peso e ensino sobre nutrição. Cento e quatorze crianças responderam o Questionário de Verificação das Práticas Alimentares (QVPA) – Versão Filhos. Os resultados indicam que os pais usam um rol de práticas adequadas como envolvimento, ensino sobre nutrição, incentivo ao equilíbrio e variedade, modelo e monitoramento, ao mesmo tempo em que utilizam práticas inadequadas, tais como alimentos como recompensa e para controle das emoções. Ademais, os pais utilizam práticas semelhantes na educação alimentar do filho indicando acordo e homogeneidade no condicionamento desse comportamento.


Palavras-chave


comportamento alimentar; práticas educativas alimentares; infância

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.23925/2594-3871.2017v26i1p.187-209

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Direitos autorais 2017 Psicologia Revista. Revista da Faculdade de Ciências Humanas e da Saúde. ISSN 1413-4063

ISSN Impresso: 1413-4063
ISSN Eletrônico: 2594-3871


Psicologia Revista  está indexada em: