Do trauma individual ao trauma coletivo. Os Xiitas do sul do Líbano e os bombardeios israelenses 2006

Jamil Zugueib Neto

Resumo


O artigo é uma síntese das pesquisas de campo realizadas com a comunidade xiita do sul do Líbano em 2008. Procurou-se averiguar a conexão e superposição do trauma individual ao trauma coletivo na luta de resistência à invasão das forças israelenses a suas terras. O grupo étno-confessional participa depois de décadas de uma conjuntura nacional de enfrentamentos mortíferos entre suas comunidades. De outro lado da fronteira, há Israel, o inimigo que depois de submeter sua região por vinte anos, volta a atacá-los em 2006. Foram registradas vinte entrevistas com indivíduos de ambos os sexos, cujas questões abertas objetivaram suas histórias de vida. A análise de conteúdo do material permitiu sua separação em três grupos. Os depoimentos de seus representantes coloca em relevo o grau de afetação provocado pelos eventos. Averiguamos as disposições psíquicas desses sujeitos que vivem constantemente situações de stress e de eventos traumáticos. Observamos o papel da identificação grupal à mensagem de seus mitos fundadores e como fator de reforço egoico no enfrentamento a esse real catastrófico.


Palavras-chave


Xiitas; trauma; resiliência; Líbano; bombardeios israelenses

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.23925/2594-3871.2017v26i1p.17-40

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Direitos autorais 2017 Psicologia Revista. Revista da Faculdade de Ciências Humanas e da Saúde. ISSN 1413-4063

ISSN Impresso: 1413-4063
ISSN Eletrônico: 2594-3871


Psicologia Revista  está indexada em: