O sentimento de solidão na contemporaneidade: revisitando Melanie Klein

Alexandre Patricio de Almeida, Alfredo Naffah Neto

Resumo


Este trabalho visa tecer algumas reflexões ao articular o texto “Sobre o sentimento de solidão”, de autoria de Melanie Klein, com questões da contemporaneidade. Para tanto, far-se-á uma leitura detalhada deste artigo que foi publicado postumamente, em 1963. Nele, a psicanalista desenvolve um novo tópico: a existência do sentimento interno de solidão, que ela julga ser inerente a qualquer indivíduo e que compõe a sua constituição psíquica. Em seguida, os autores apresentam algumas situações contemporâneas que podem ser pensadas à luz desse paradigma kleiniano, baseando-se principalmente, na relação que se estabelece entre o sujeito e as redes sociais. As ideias de Freud sobre o Narcisismo (1914) também serão utilizadas no escopo da articulação teórica.


Palavras-chave


psicanálise, Melanie Klein, narcisismo, solidão, redes sociais

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.23925/2594-3871.2019v28i2p421-442

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Direitos autorais 2019 Psicologia Revista

ISSN Impresso: 1413-4063
ISSN Eletrônico: 2594-3871


Psicologia Revista  está indexada em: