Estudos Críticos: Influências Pós-Estruturalistas na Problematização da Relação da Organização com o Presente

Adriana Tenório Cordeiro, Sérgio Carvalho Benício de Mello

Resumo


Este artigo discute como se dá a lógica de construção teórica e empírica dos objetos de investigação de estudos críticos no campo organizacional. Analisamos trabalhos da área de Estudos Críticos e Práticas Transformadoras em Organizações do ENANPAD considerando: práticas de problematização, aspectos metodológicos, e práticas investigadas. Predominam a identificação de lacunas da teoria organizacional, e sua avaliação crítica, e desenvolvimento de bases alternativas, em geral guiado por um viés emancipatório nem sempre claro. A noção do aparato organizacional como contingente favorece abordagens pós-estruturalistas que permitam identificar elementos de uma formação hegemônica, práticas de resistência e articulações que visam a transformação.


Palavras-chave


Estudos Críticos; Organizações; Problematização.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.20946/rad.v19i2.29399

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Flag Counter

Revista Administração em Diálogo - RAD
ISSN: 2178-0080

     

 

Apoio: