A Solis Ortu Usque Ad Occasum: Estudo quantitativo sobre a orientação da planta nas igrejas das unidades pastorais de Santa Maria Maior e de Santíssima Trindade

José Carlos de Miranda, Sérgio Tenreiro de Magalhães, Sérgio F. Miranda João

Resumo


O presente trabalho de investigação, desenvolvido no âmbito do mestrado em património cultural e religioso realizado na Universidade Católica Portuguesa, o qual é seguidamente compilado, permite dar a conhecer a dimensão do património religioso construído no concelho de Miranda do Douro, Portugal, através da identificação de noventa templos cristãos que foram, ou continuam a ser, locais de culto. A identificação dos templos permitiu a sua georreferenciação e a criação de uma ficha informativa por cada templo, onde constam as fotografias das fachadas e na qual é indicado o orago e a orientação da ábside. O estudo comparativo realizado, entre a orientação da ábside e o período anual correspondente ao nascer do sol, permitiu desenvolver um conjunto de reflexões tendo por base a simbólica da arte cristã subjacente ao sol, mais concretamente, no que concerne à orientação da oração. O estudo titulado "A Solis ortu usque ad Occasum – estudo quantitativo sobre a orientação solar nas unidades pastorais de Santa Maria Maior e Santíssima Trindade" é um trabalho que integra conhecimento de áreas técnicas e humanísticas visando uma ligação entre estes dois campos de conhecimento.

Palavras-chave


Sol nascente; Cristianismo, Páscoa, Azimute; Templo

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.23925/1677-1222.2018vol18i3a8

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 REVER - Revista de Estudos da Religião