A função revelante da arquitetura religiosa moderna em São Paulo: o concreto aparente dos templos religiosos e sua simbólica do Sagrado

Célia Maria Ribeiro, Donizete José Xavier

Resumo


O presente artigo tem por objetivo desenvolver, a partir da hermenêutica da arte de Paul Ricoeur, um diálogo fecundo com a arquitetura religiosa moderna questionando sobre a sua função revelante em relação ao Sagrado. O concreto aparente, chamado de arte brutalista, ganha aqui total significação. Aspectos poéticos e metafóricos constituem a sua simbólica, então, atestamos que o concreto aparente é, per se, um espaço poético-simbólico. Assim, ressalta-se que o equilíbrio sutil das virtualidades iconoclastas desses templos modernos e as ressurgências simbólicas do Sagrado seguem a orquestração da função revelante da arquitetura religiosa moderna em São Paulo.


Palavras-chave


Arquitetura moderna. Brutalismo. Sagrado. Símbolo. Ricoeur

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.23925/1677-1222.2018vol19i1a3

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 REVER - Revista de Estudos da Religião