O princípio pluralista como elemento articulador de pesquisas na área “Ciências da Religião e Teologia”

Claudio de Oliveira Ribeiro

Resumo


A pesquisa foi desenvolvida considerando-se o debate epistemológico que se tem dado no contexto da Área Ciências da Religião e Teologia no Brasil, em especial à relação entre estas duas disciplinas. O objetivo principal das análises feitas foi identificar os principais aspectos dessa relação e observá-la a partir do princípio pluralista. A pressuposição é de que tal princípio, devido às suas bases conceituais oriundas dos estudos culturais decoloniais, pode oferecer maior visibilidade ao poder criativo das fronteiras que existem entre as duas frentes em questão nessa análise e pode facilitar as reflexões de ambas ao ser um elemento articulador das pesquisas, sobretudo aquelas motivadas por realidades, temáticas e situações forjadas pelos “entrelugares das culturas” e por experiências fronteiriças. O passo metodológico principal da pesquisa foi o cotejamento do princípio pluralista com aspectos de destaque evidenciados no Documento da Área Ciências da Religião e Teologia (2017) da Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior), órgão que acompanha e avalia o Sistema Nacional de Pós-Graduação brasileiro. Deu-se atenção especial à “árvore do conhecimento” e aos perfis dos egressos pós-graduados nessas duas frentes. Entre as perspectivas conceituais, priorizamos: i) as noções de diálogo multi, inter e transdisciplinar e a valorização da pluralidade metodológica, ii) a preocupação específica com a diversidade religiosa, e iii) o caráter propositivo, prático e de inserção social inerente ao princípio pluralista.


Palavras-chave


Princípio pluralista; Teologia; Ciência da religião; Epistemologia

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.23925/1677-1222.2019vol19i2a5

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 REVER - Revista de Estudos da Religião