Juventude, cultura e política: repensando os Estudos Culturais, revisitando o hip-hop.

José Carlos Gomes da Silva

Resumo


Este artigo focaliza o legado teórico dos Estudos Culturais e sua importância para a compreensão da juventude em nosso contexto. Liderados por Stuart Hall os estudiosos do CCCS (Centre for Contemporary Cultural Studies de Birmigham) realizaram um conjunto de investigações fundamentais em cidades inglesas nos anos 70 que se tornaram referência no estudo do universo juvenil. Os resultados alcançados, as etnografias inovadoras, os aportes teóricos propostos, contribuíram para que a juventude fosse concebida como novo ator político no cenário urbano. Parte dessas contribuições se tornaram fundamentais durante a pesquisa que desenvolvemos sobre o movimento hip-hop em São Paulo. Alguns dos temas inaugurados pelos Estudos Culturais e dados etnográficos do nosso estudo são retomados neste texto.



Palavras-chave


juventude; hip-hop; subculturas juvenis; política; cultura juvenil

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


________________________________________________________________________________________________________

Apoio:

 

Projeto História está indexada em: