“Esta casa está bem feita”: o valor da arquitetura vernacular entre a festa e a poesia.

Francisco de Carvalho Dias de Andrade

Resumo


O artigo visa demonstrar que os construtores e usuários da arquitetura vernacular brasileira dispunha, de meios próprios para conferir valor e significado às suas construções, que ainda não foram reconhecidos por grande parte dos pesquisadores e profissionais envolvidos com a preservação do patrimônio cultural. Por meio de uma análise dos ritos e expressões poéticas comuns às celebrações da esfera doméstica do passado brasileiro, procura-se avançar nos modos como essas arquiteturas podem ser compreendidas enquanto bem cultural, ainda pouco contemplado por ações efetivas de preservação.

Palavras-chave


Arquitetura vernacular; Patrimônio cultural; História da Arquitetura

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.23925/2176-2767.2018v61p217-254

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


________________________________________________________________________________________________________

Apoio:

 

Projeto História está indexada em: