“ETERNOS VAGABUNDOS”: MALANDROS, PALHAÇOS E CAIPIRAS NO MUNDO DA CHANCHADA

Gilmar Rocha

Resumo


Este artigo analisa as figuras do malandro, do palhaço e do caipira no imaginário cinematográfico nacional brasileiro sem perder de vista suas representações no folclore, na música e no circo-teatro. Neste processo de constituição imaginária da identidade nacional brasileira destacamos, para além do lugar simbólico da chanchada, a luta pela hegemonia político-cultural do país, protagonizada pelos cinemas carioca e paulista nas suas versões da Atlântida e da Vera Cruz. A análise parte dos anos 1950 e retrocede para o início do século XX, tempo em que se forma e desenvolve a indústria de diversão cultural no Brasil.

Palavras-chave


Identidade Nacional; Chanchada; Malandro; Palhaço; Caipira

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


________________________________________________________________________________________________________

Apoio:

 

Projeto História está indexada em: