O DESTINO DO REINO DO CONGO NO BRASIL DE MINAS GERAIS

Larissa Oliveira e Gabarra

Resumo


Este artigo propõe fazer uma leitura sobre a organização social, principalmente, do reino do Congo (XIV-XVI) na África Central através do olhar da diáspora no Brasil, especificamente, da manifestação cultural congado de Minas Gerais. A leitura historiográfica passa pela ideia de que um futuro como escravos no novo mundo produz uma memória comum sobre o passado, que marca a identidade dos congadeiros, mesmo sendo descendentes de africanos oriundos de diversas regiões africanas, com histórias distintas umas das outras. A possibilidade de identificar por meio de um olhar atento a organização social do reinado do Congo no Brasil questões referentes à estrutura social do reino do Congo no seu processo de centralização política afirma a importância dos estudos de história da África para a história do Brasil e vice-versa.

Palavras-chave


Congado; diáspora; África; organização social e política

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


________________________________________________________________________________________________________

Apoio:

 

Projeto História está indexada em: