Restrição externa e taxa de câmbio no Brasil, 1980-2008

Douglas Alcantara Alencar, Eduardo Strachman

Resumo


O objetivo desse trabalho é analisar se o crescimento econômico no Brasil sofreu bloqueio, devido a restrições externas, vale dizer, em conseqüência  de seu Balanço de Pagamentos. Trabalhamos com a abordagem proposta primeiramente por Thirwall (1979) que posteriormente foi modificada por Lima e Carvalho (2009). Temos como conclusão que o crescimento econômico foi restrito pelo setor externo, o que está de acordo com a historiografia econômica sobre o Brasil, além de verificarmos que a taxa de câmbio real, além de ter influencia sobre o balanço comercial no curso prazo, também excerce alguma influencia sobre essa conta do balanço de pagamentos no longo prazo.

Palavras-chave


Crescimento econômico, fluxos de capitais, restrição externa

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.