Sobrecarga dos cuidadores familiares de idosos com dependência funcional.

Autores

  • Matheus Souza Santana Enfermagem, Faculdade de Tecnologia e Ciências, FTC, Vitória da Conquista, BA.
  • Daniela Lacerda de Oliveira Enfermagem, Faculdade de Tecnologia e Ciências, FTC, Vitória da Conquista, BA.
  • Marle Moura Santos Enfermagem, Faculdade de Tecnologia e Ciências, FTC, Vitória da Conquista, BA.
  • Rodrigo Leite Rangel Enfermagem, Faculdade de Tecnologia e Ciências, FTC, Vitória da Conquista, BA.
  • Renato Novaes Chaves Enfermagem. Universidade Federal da Bahia, UFBA, campus Anísio Teixeira, Faculdade de Tecnologia e Ciências, FTC, Vitória da Conquista, BA e da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, UESB, Vitória da Conquista, BA. Doutorando do Programa de Pós-Graduação em Memória: Linguagem e Sociedade, UESB.
  • Luciana Araújo dos Reis Fisioterapeuta. Professora Doutora. Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, campus Vitória da Conquista, BA.

DOI:

https://doi.org/10.23925/2176-901X.2018v21i1p337-353

Palavras-chave:

Cuidadores, Assistência Domiciliar, Envelhecimento, Idoso Fragilizado.

Resumo

O objetivo foi avaliar a sobrecarga dos cuidadores familiares de idosos com dependência funcional. Pesquisa quantitativa, descritiva, transversal, realizada com 50 idosos e seus cuidadores familiares da cidade de Caculé, BA, em quatro unidades de saúde da família. Os resultados demonstram que a sobrecarga foi maior no Mecanismo de Eficácia e Controle (82%), Suporte Familiar (90%) e Satisfação com o Papel e com o Familiar (86%). Dessa forma, existem níveis de sobrecarga relacionados ao cuidado prestado ao idoso com dependência funcional.

 

Biografia do Autor

Matheus Souza Santana, Enfermagem, Faculdade de Tecnologia e Ciências, FTC, Vitória da Conquista, BA.

Enfermeiro graduado, Faculdade de Tecnologia e Ciências, FTC, Vitória da Conquista, BA.

 

Daniela Lacerda de Oliveira, Enfermagem, Faculdade de Tecnologia e Ciências, FTC, Vitória da Conquista, BA.

Discente de Enfermagem, Faculdade de Tecnologia e Ciências, FTC, Vitória da Conquista, BA.

 

Marle Moura Santos, Enfermagem, Faculdade de Tecnologia e Ciências, FTC, Vitória da Conquista, BA.

Discente de Enfermagem, Faculdade de Tecnologia e Ciências, FTC, Vitória da Conquista, BA.

 

Rodrigo Leite Rangel, Enfermagem, Faculdade de Tecnologia e Ciências, FTC, Vitória da Conquista, BA.

Discente de Enfermagem, Faculdade de Tecnologia e Ciências, FTC, Vitória da Conquista, BA.

 

Renato Novaes Chaves, Enfermagem. Universidade Federal da Bahia, UFBA, campus Anísio Teixeira, Faculdade de Tecnologia e Ciências, FTC, Vitória da Conquista, BA e da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, UESB, Vitória da Conquista, BA. Doutorando do Programa de Pós-Graduação em Memória: Linguagem e Sociedade, UESB.

Enfermeiro. Professor, Universidade Federal da Bahia, UFBA, campus Anísio Teixeira, Faculdade de Tecnologia e Ciências, FTC, Vitória da Conquista, BA e da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, UESB, Vitória da Conquista, BA. Doutorando do Programa de Pós-Graduação em Memória: Linguagem e Sociedade, UESB. Ênfase em Memória, Envelhecimento e Dependência Funcional. Integrante do Núcleo Interdisciplinar de Estudos e Pesquisas sobre Envelhecimento Humano, UESB/VC.

 

Luciana Araújo dos Reis, Fisioterapeuta. Professora Doutora. Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, campus Vitória da Conquista, BA.

Fisioterapeuta. Professora Doutora. Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, campus Vitória da Conquista, BA.

 

Downloads

Publicado

2018-03-30

Edição

Seção

Artigos