A presença da sustentabilidade na formação do administrador em universidades públicas

Leonardo Fabris Lugoboni, Karen Rodrigues de Souza, Bárbara Stefáne Ferreira dos Santos

Resumo


A sustentabilidade busca unir questões sociais, ambientais e econômicas, buscando crescimento, sendo fundamental na carreira de qualquer administrador. Por meio disso, o objetivo desta pesquisa visa compreender como as grades curriculares dos cursos superiores de administração contemplam questões relacionadas à sustentabilidade nas universidades públicas. Para isso, foi realizado um levantamento de dados com 12 faculdades de administração, onde foram feitas entrevistas com coordenadores do curso. Após a coleta de dados pode-se notar que na maioria das instituições o tema é adicionado à grade tradicional dos cursos. Entretanto, os entrevistados deixaram claro, que é importante lembrar que sustentabilidade é um tema transversal, sendo possível e desejável a abordagem do tema de maneira integrada com outras disciplinas ao longo do curso. A falta de recursos financeiros, a resistência geral a mudanças e a falta de interesse das partes são fatores relevantes para inserção da sustentabilidade nas IES. Questões que podem ser trabalhadas através de um forte investimento em comunicação e treinamento e obtenção de patrocinadores externos.

Texto completo:

PDF

Referências


ALIEVI, R. M. e ANTINARELLI, A. Construindo a Gestão Estratégica Sustentável: Um Estudo Sobre a Empresa Mercur S.A. Revista ADM. UFSM, Santa Maria, v. 8, n. Edição Especial. p. 70, 2015.

ARAÚJO, M. A. D. e ARAÚJO, L. O. Formação Acadêmica do Administrador e Mercado de Trabalho: Um Estudo em Indústrias de Médio e Grande Porte. Revista de Economia e Administração, v. 2, n.1, p. 90-109, 2003.

ARAÚJO, M. A. D. e LACERDA, L. O. Formação Acadêmica do Administrador: Um Estudo nas IES da Cidade do Natal. Revista Eletrônica de Administração, v. 9, n. 3, 2003.

BIELER, A. e MCKENZIE, M. Strategic Planning for Sustainability in Canadian Higher Education. Sustainability, v. 9, n. 2, p. 161, 2017.

BRUNDTLAND, G. Our Common Future, Chapter 2: Towards Sustainable Development. World Commission on Environment and Development (WCED). Geneva: United Nation, 1987.

BRUNNQUELL, C. BRUNSTEIN, J. e JAIME, P. Education for Sustainability, Critical Reflection and Transformative Learning: Professors' Experiences in Brazilian Administration Courses. International Journal of Innovation and Sustainable Development, v. 9, n. 3-4, p. 321- 342, 2015.

CREIGHTON, S. H. Greening the Ivory Tower: Improving the Environmental track Record of Universities, Colleges and other Institutions. MIT Press, 1998.

CORRÊA, A. P. M. A Prática Responsável e as Estruturas Curriculares das Instituições de Ensino Superior do Recife/PE no Curso de Administração sob a ótica da Educação para a Sustentabilidade. Revista Administração: Ensino e Pesquisa, Rio de Janeiro, v. 13, n. 1, p. 78- 82, 2012.

DALLABONA, L. F. DA CUNHA, P. R. e RAUSCH, R. B. Inserção da Área Ambiental na Matriz Curricular do Curso de Ciências Contábeis: Um Estudo das IES da Região Sul do Brasil- doi: 10.4025/Enfoque. V31i3. 15302. Enfoque: Reflexão Contábil, v. 31, n. 3, p. 7-22, 2012.

DEMAJOROVIC, J. e DA SILVA, H. C. O. Formação Interdisciplinar e Sustentabilidade em Cursos de Administração: Desafios e Perspectivas. Revista De Administração Mackenzie, V. 13, N. 5, P. 39, 2012.

DEMAJOROVIC, J. e MARTÃO, M. S. DE. Competências e Inserção Profissional de Administradores em Sustentabilidade. Revista Pretexto, V. 15, N. Ne, P. 48-66, 2014.

DOUGLAS, S. BUTTON, S. e CASEY, S. E. Implementing for sustainability: Promoting use of a Measurement Feedback System for innovation and quality improvement. Administration and Policy in Mental Health and Mental Health Services Research, v. 43, n. 3, p. 286-291, 2016.

FERRANTI, M. P. Instituições de Ensino Superior na transição para uma Sociedade Ambientalmente mais Sustentável: Grandes temas em debate à luz do conceito de Sistema de Gestão Ambiental. Números, 2012.

FISCHER, T. M. D. WAIADNT, C. e DA SILVA, M. R. Estudos Organizacionais e Estudos Curriculares: Uma Agenda de Convergência entre o passado e o futuro de Campos Paralelos. Organizações e Sociedade, v. 15, n. 47, p. 175-193, 2008.

FRANCIS, G. e MINCHINGTON, C. Quantitative Skills: Is there an Expectation Gap Between the Education and Practice of Management Accountants? Accounting Education: an international journal, v. 8, n. 4, p. 301–319. 1999.

FRANCISCO, T. H. A. FILHO, E. A. H. e MELO, P. A. O Desenvolvimento de Competências pela prática do Estágio Curricular obrigatório do Curso de Administração da FACIERC. Revista Electrónica de Investigación y Docencia (REID), n. 3, 2010.

FRANCO, I. T. TEIXEIRA, M. G. DE AZEVEDO, D. B. e MOURA-LEITE, R. M. C. A

Inserção da Temática de Sustentabilidade na Formação de Futuros Gestores: Como os Professores se deparam com o Assunto? /The Integration of Sustainability in Management Education: How do teachers see the Subject? Administração: Ensino E Pesquisa, V. 16, N. 3, P. 571, 2015.

GASPARINO, M. F, E. e RIBEIRO, M. S. Análise de Relatórios de Sustentabilidade, com Ênfase na Gri: Comparação entre Empresas do Setor de Papel e Celulose dos EUA e Brasil. Revista de Gestão Social e Ambiental, São Paulo, v. 1, n, 1, p, 103, 2007.

GIL, A. C. Métodos e Técnicas de Pesquisa Social. 5. São Paulo: Atlas, 1999.

GODOY, A. S. e ANTONELLO, C. S. Competências Individuais adquiridas durante os anos de Graduação de alunos do Curso de Administração de Empresas. Revista de Ciências da Administração, v. 11, n. 23, p. 157, 2009.

GÓMEZ, F. U. NAVARRET. C. S. LIOI. S. R. e MARZUCA. V. I. Adaptable Model for

Assessing Sustainability in Higher Education. Journal of Cleaner Production, v. 107, p. 475- 485, 2015.

JACOBI, P. R. RAUFFLET, E. e ARRUDA, M. Educação para a Sustentabilidade nos Cursos de Administração: Reflexão sobre Paradigmas e Práticas. Revista ADM. MACKENZIE, v. 12,

n. 3, Edição Especial, p. 26, 2011.

JOHNSON, K. HAYS, C. CENTER, H. e DALEY, C. Building capacity and Sustainable prevention Innovations: A Sustainability Planning Model. Evaluation and program planning, v. 27, n. 2, p. 135-149, 2004.

JORGE, M. L. MADUEÑO, J. H. e PEÑA, F. J. A. Factors Influencing the Presence of Sustainability Initiatives in the Strategic Planning of Spanish Universities. Environmental Education Research, v. 21, n. 8, p. 1155-1187, 2015.

KILIMNIK, Z. M. SANT'ANNA, A. S. e LUZ, T. R. DA. Competências Profissionais e modernidade organizacional: coerência ou contradição? Revista de Administração de Empresas, v. 44, n. SPE, p. 10-21, 2004.

KUZMA, E. L. NOVAK, M. A. L. DOLIVEIRA, S. L. D. e GONZAGA, C. A. M. A Inserção

da Sustentabilidade na Formação de Administradores. Revista de Gestão Ambiental e Sustentabilidade - GeAS, v. 5, n. 2, p. 148, 2016.

LARRÁN, M. HERRERA, J. e ANDRADES, F. J. Measuring the Linkage Between Strategies on Sustainability and Institutional Forces: An Empirical Study of Spanish Universities. Journal of Environmental Planning and Management, v. 59, n. 6, p. 967-992, 2016.

LOZANO, R. LUKMAN. R. LOZANO. J. F. HUISINGH. D. e LAMBRECHTS. W.

Declarations for Sustainability in Higher Education: Becoming Better Leaders, Through Addressing the University System. Journal of Cleaner Production, v. 48, p. 10-19, 2013.

NORMAN, W. e MACDONALD, C. Getting to The Bottom of “Triple Bottom Line”. Business Ethics Quarterly, v. 14, n. 2, p. 243-262, 2004.

PIOVESAN, A. e TEMPORINI, E. R. Pesquisa exploratória: procedimento metodológico para o estudo de fatores humanos no campo da saúde pública, Revista Saúde Pública, São Paulo, v. 29, n. 4, p. 318 - 325, 1995.

ROGERS, K. e HUDSON, B. The Triple Bottom Line. OD practitioner, v. 43, n. 4, p. 4, 2011.

SEMESP. Mapa do ensino superior. Disponível em: . Acesso em: 24/03/2017.

SILVA, A. B. Reflexões Teórico-práticas de um Sistema de Aprendizagem-em-ação para a Educação em Administração. In: EnANPAD, 38, 2014, Rio de Janeiro. Anais... Rio de Janeiro: ANPAD, 2014.

SLOMSKI, V. G. GOMES, S. M. S. SILVA, A. C. R. DA. e GUIMARÃES, I. P. Mudanças

curriculares e qualidade de ensino: ensino com pesquisa como proposta metodológica para a formação de contadores globalizados. Revista de Contabilidade e Organizações, v. 4, n. 8, p. 160-188, 2010.

SMITH, L. R. The Triple Bottom Line. Quality Progress, v. 37, n. 2, p. 23-9, 2004. STIRMAN, S. W. KIMBERLY, J. C. N. CALLOWAY, A. CASTRO, F. e CHARNS, M. The

Sustainability of new Programs and Innovations: A Review of the Empirical Literature and

Recommendations for Future Research. Implementation Science, v. 7, n. 1, p. 17, 2012. VERGARA, S. C. Método de Pesquisa de Administração, São Paulo, 2012, Ed. Atlas.

ZOU, Y. ZHAO, W. MASON, R. e LI, M. Comparing Sustainable Universities between the United States and China: Cases of Indiana University and Tsinghua University. Sustainability, v. 7, n. 9, p. 11799-11817, 2015.




DOI: https://doi.org/10.23925/cafi.v1i1.36956

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

ISSN 2595-1750  

Indexadores

 

 Resultado de imagem para LOGO ERIHPLUS

Diretórios

 

 PUC-SP

 

  

Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.