Relação entre o relatório de auditoria com modificação e a troca de auditor independente em companhias listadas

Marcos Reinaldo Severino Peters, Leda Honorato da Silva Reis, Lincoln de Jesus Peres

Resumo


O impacto econômico do relatório de auditoria com modificação tem sido objeto de ampla gama de pesquisas, seja no sentido de verificar a influência sobre o preço das ações ou implicações para os membros da administração, por exemplo. Nesse sentido, explicações ou prognósticos de relatório com modificação tem despertado interesse no meio cientifico, assim como, pesquisas sobre emissão de relatórios sem modificação por pressão da administração e “opinion shopping” apresentam destaque nos últimos anos. Diante desse contexto, este trabalho tem como objetivo verificar se há relação entre a troca do auditor independente e a emissão de relatório de auditoria com modificação em companhias listadas na CVM – Comissão de Valores Mobiliários. Para tal, realizou-se uma pesquisa descritiva por meio de análise documental e utilização de amostra com população composta por todas as companhias listadas na CVM – Comissão de Valores Mobiliários na data-base de 31 de dezembro de 2016, totalizando 619 companhias. Todavia, até o dia 15 de setembro de 2017 (último dia de coleta de dados) não foram identificados os relatórios de auditoria de quatro companhias, ou seja, a amostra válida contempla 615 companhias. A partir da amostra válida, segregou-se os relatórios em: sem modificação e com modificação, identificando 41 companhias com relatório de auditoria com modificação, que foram objeto de estudo. Do total dos 41 relatórios de auditoria analisados, 30 relatórios possuem uma ou mais ressalvas, dois relatórios possuem opinião adversa; e por fim, os auditores independentes emitiram nove relatórios com abstenção de opinião. Concluiu-se que do total da amostra, 26,83%, ou seja, 11 companhias trocaram seu auditor independente subsequentemente ao recebimento de um relatório de auditoria com modificação. Esse resultado contraria pesquisas internacionais sobre a emissão de relatório sem modificação por pressão da administração das companhias, e “Opinion shopping”.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.23925/cafi.v1i1.36959

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2595-1750  

Indexadores

 

 

 

  

Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.