Correlação entre a BM&FBovespa e a Taxa de Câmbio

Jane Maria Oliveira, Marcos Paulo Souza

Resumo


Este artigo estuda o nexo causal da variação entre a BM&FBovespa e a Taxa de Câmbio, o coeficiente de correlação rô de Spearman foi usado para testar a correlação entre os índices durante o período de 1995 até julho de 2017, analisa também, determinantes relevantes como a influência do saldo da balança comercial na taxa de câmbio. A análise dos resultados nos permitem inferir que a BM&FBovespa e a Taxa de Câmbio apresentam correlação negativa, o que provoca variação simultânea entre os índices.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.23925/cafi.v1i2.38215

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2595-1750  

Indexadores

 

 

 

  

Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.