GLOBALIZAÇÃO E UTOPIAS EM CONSTRUÇÃO

Dora Nogueira Porto

Resumo


O presente artigo busca analisar a sociabilidade e jurisdicidade pós-moderna em sua tensão entre regulação e emancipação. Utopias nascentes próprias da realidade social global constroem-se e desconstroem-se nas destemporalização do universo jurídico e social questões estas que serão objeto de nossas reflexões.

Palavras-chave


Utopia – Globalização – Complexidade – Modernização reflexiva – Sociedade de risco.

Texto completo:

PDF

Referências


BAUMAN, Z. Modernidade e Ambivalência. Editora Zahar: Rio de Janeiro, 1999.

BAUMAN, Z. A modernidade Líquida. Editora Zahar, Rio de Janeiro, 2001.

CASTELLS, M. A sociedade em rede. Editora Paz e Terra, Rio de Janeiro,2000.

CASTORIADIS, C. La montée de l’insignifiance. Editions Seuil: Paris, 1996.

FARIA, José Eduardo. Direito e Conjuntura. Editora Saraiva: São Paulo,2008.

FRANKEL, B. Los utópicos posindustriales. Editions Alfons el Mafgnani: Valencia,1989.

ECO, U. Seis passeios pelos bosques da ficção. Editora Companhia das Letras: São Paulo,1994.

GIDDENS, Anthony. As consequências da modernidade. Editora Unesp: São Paulo, 1991.

GIDDENS, Beck e Lash. Modernização reflexiva. Editora Unesp: São Paulo, 1995.

MAFFESOLI, M. Elogio da Razão Sensível. Editora Vozes: Petropolis, 1998.

MASI, Domenico. Alfabeto da sociedade desorientada para entender nosso tempo. Editora Objetiva: São Paulo, 2017.

MORIN, Edgar. Sociologia. Porto: Publicações Europa-América, 1998.

MORIN, Edgar. Os sete saberes necessários à educação futura. Editora Cortez: São Paulo, 2000.

MORIN, Edgar. Ciência com Consciência. Editora Bertrand Brasil: Rio de Janeiro, 2000.

OST, François. O tempo do Direito. Editora Edusc: São Paulo, 2005.

SANTOS, B.S. A crítitca da razão indolente. Editora Cortez: São Paulo, 2000.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.