GLOBALIZAÇÃO E BLOCOS ECONÔMICOS

Marlon Wander Machado, Thiago Lopes Matsushita

Resumo


O presente artigo busca analisar a globalização como um processo mundial, e o surgimento dos blocos econômicos como resultado da aproximação das Nações e dos povos, suas economias, culturas e políticas, sem perdermos de vista o respeito integral aos Direitos Humanos. Além dessa análise, buscamos trazer a estrutura dos blocos econômicos da atualidade, e o fortalecimento dessa forma de união transnacional.

Palavras-chave


Globalização; Direitos Humanos; Blocos Econômicos

Texto completo:

PDF

Referências


BALERA, Wagner. ODS 16: Paz e Justiça. In Comentários aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, Wagner Balera, Roberta Soares da Silva (orgs.), São Paulo: Verbatim, 2018.

BAUMAN, Zygmunt. Globalização: As consequências humanas. Tradução de Marcus Penchel, Rio de Janeiro: Zahar Editor, 1999.

BECK, Ulrich. O que é a globalização? Equívocos do globalismo respostas à globalização. São Paulo: Paz e terra, 1999.

______. Sociedade de Risco: rumo a uma outra modernidade. 2ª ed. Tradução de Sebastião Nascimento, São Paulo: Editora 34, 2011.

FERNANDES, Antônio Teixeira. Direitos Humanos e Globalização. Repositório Aberto da Universidade do Porto, Portugal. Disponível em http://ler.letras.up.pt/uploads/ficheiros/7200.pdf.

BALERA, Wagner. ODS 16: Paz e Justiça, in Comentários aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, Wagner Balera, Roberta Soares da Silva (orgs.), São Paulo: Verbatim, 2018, p. 258.

GIDDENS, Anthony. As Conseqüências da Modernidade. São Paulo: Unesp, 1991.

IANNI, Octávio. Teorias da Globalização. 9ª ed., Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2001.

MARTINS, Carlos Eduardo. Globalização, Dependência e Neoliberalismo na América Latina. São Paulo: Boitempo, 2011.

PORTO, Manuel Lopes. Teoria da Integração e Políticas Comunitárias. 3ª ed. Almedina, Coimbra, 2001.

SANTOS, Boaventura de Sousa. A gramática do tempo: por uma nova cultura política. 2ª ed. São Paulo: Cortez, 2008.

SANTOS, Milton. Por uma outra globalização – do pensamento único à consciência universal. 19ª ed., Rio de Janeiro: Record, 2010.

SEN, Amartya. A pressa e a retórica do confronto: dez teses sobre a globalização. Disponível em: http://www1.folha.uol.com.br/fsp/mais/fs0909200106.htm Acesso em: 09/09/2001.

______. As pessoas em primeiro lugar: a ética do desenvolvimento e os problemas do mundo globalizado. Amartya Sen e Bernardo Kliksberg. Tradução de Bernardo Ajzemberg, Carlos Eduardo Lins da Silva. São Paulo: Companhia das Letras, 2010.




DOI: https://doi.org/10.23925/2526-6284.2019next1p104-132

Apontamentos

  • Não há apontamentos.