A devassidão que o crack traz

Francisco Eudison da Silva Maia

Resumo


Entre as substâncias com efeitos psicoativos, a mais potente e prejudicial é o crack, que atua diretamente no Sistema Nervoso Central, produzindo diversas sensações de prazer excedente ao convencional. Atualmente, devido à devassidão que está provocando, é considerado um problema de saúde pública mundialmente.


Palavras-chave


cocaína; crack; transtornos relacionados ao uso de substâncias; saúde pública

Texto completo:

PDF

Referências


Seleghim MR, Oliveira MLF. Influência do ambiente familiar no consumo de crack em usuários. Acta Paul Enferm. 2013;26(3):263-8.

Formigoni MLOS. Efeitos de substâncias psicoativas. 5ª ed. Secretaria Nacional sobre Drogas, 2014.

Pulcherio G, Stolf AR,Pettenon M, Fensterseifer DP, Kessler F. Crack – da pedra ao tratamento. Rev AMRIGS. 2010;54(3):337-43.

Amato L, Minozzi S, Pani PP, Davoli M. Antipsychotic medications for cocaine dependence. Cochrane Database Syst Rev. 2007;18(3):CD006306.

Ribeiro LA, Sanchez ZM, Nappo AS. Estratégias desenvolvidas por usuários de crack para lidar com os riscos decorrentes do consumo da droga. J Bras Psiquiatr. 2010;59(3):210-8.

Afonso L, Mohammad T, Thatai D. Crack whips the heart: a review of the cardiovascular toxicity of cocaine. Am J Cardiol. 2007;100(6):1040-3.

Ackerman JP, Riggins T, Black MM. A review of the effects of prenatal cocaine exposure among school-aged children. Pediatrics. 2010;125(3):554-65.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais



Apoio: ..............................................................................................................................................

    

Fundação São Paulo - Hospital universitário

 



 

Rev. Fac. Ciênc. Méd. Sorocaba, Sorocaba, SP, Brasil, e-ISSN 1984-4840

A Revista da Faculdade de Ciências Médicas de Sorocaba está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.