Mortalidade materna no Conjunto Hospitalar de Sorocaba resultados gerais

Lígia Vilalva Figueira, Joe Luiz Vieira Garcia Novo

Resumo


Objetivos: estudar as principais causas de mortalidade materna ocorridos no CHS, importante centro hospitalar de referência. Métodos: estudo observacional retrospectivo dos prontuários médicos de mulheres de 10 a 49 anos de idade, assistidas no CHS de janeiro/2000 a dezembro/2006. Variáveis maternas estudadas: idade, cor, cidade de procedência, estado civil, escolaridade, assistência pré-natal, paridade, idade gestacional, condições gerais à internação, tipos de partos, complicações e causas de óbitos. Variáveis fetais analisadas: vitalidade, peso, complicações. Resultados: no CHS ocorreram 21.386 partos, nascendo 18.753 recém-nascidos vivos, identificaram-se 33 óbitos maternos prevalecendo: idade de 20 - 39 anos (66/66%), 23 (69,69%) procedentes de cidades circunvizinhas, atendimento de retaguarda em 24 pacientes (72,72%), 18 (54,54%) de cor branca, 14 (42,43%) casadas, 22 (66,66%) multíparas, 17 (51,51%) realizaram pré-natal, idade gestacional 20 - 35 semanas (57,57%), 24 (72,72%) em estado geral grave, 14 (56,25%) mortalidade de causas diretas e 18 (43,75%) indiretas, RMM = 175,97. Em 11 recém-nascidos (32,00%) houve vitalidade, 2/3 deles de baixo-peso (61,53%). Conclusão: os programas de saúde destinados à mulher ainda são deficitários merecendo revisões coordenadas e funcionais. Os óbitos têm alta complexidade e as soluções se impõem para evitar as perdas familiares. Auxílio: PIBIC /CEPE. Trabalho de Iniciação Científica - fomento através do CNPq.


Palavras-chave


mortalidade materna; causas de morte; distribuição por idade; reprodução

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais



Apoio: ..............................................................................................................................................

  



 

Rev. Fac. Ciênc. Méd. Sorocaba, Sorocaba, SP, Brasil, e-ISSN 1984-4840

A Revista da Faculdade de Ciências Médicas de Sorocaba está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.