Avaliação da taxa de comorbidades cumulativas em pacientes diagnosticados com leucemia linfóide crônica auxiliando na decisão terapêutica

Marcelo Gil Cliquet, Fabio Moreira Campos, Thays Brunelli Pugliesi, Larissa Corvelloni

Resumo


Introdução: A Leucemia Linfoide Crônica (LLC) é a mais comum dentre o conjunto de desordens hematoproliferativas. Embora se reconheça que os tratamentos agressivos alcançam melhores taxas de resposta, eles geralmente são mal tolerados pelos pacientes mais velhos e/ou não aptos (“unfit”), levando à origem ou agravo de comorbidades pessoais. Objetivos: Avaliar as comorbidades cumulativas em pacientes em tratamento para LLC no ambulatório de Hematologia do Conjunto Hospitalar de Sorocaba (CHS), auxiliando-os na decisão terapêutica mais adequada. Metodologia: Análise de prontuários para classificação em fit e unfit e entrevista através das escalas CIRS-G, ECOG e Karnofsky. Resultados: A amostra foi de 45 pacientes, com maioria composta por homens, caucasianos e idade média de 69 anos. A Imunofenotipagem foi o método mais utilizado para diagnóstico, quando mais da metade dos pacientes se mostraram assintomáticos. Comorbidades mais ressaltadas: HAS, DM, neoplasias e cardiopatias. Pela escala CIRS-G, aproximadamente 52% da amostra foi classificada como fit e 48%, unfit. Em ambos os grupos, a maioria dos pacientes teve tratamento expectante, sendo apenas 12,9% submetido ao tratamento convencional (agressivo). Nas escalas de performance, 71% dos pacientes foram classificados com nenhuma ou pouca dificuldade para realização das atividades diárias, estando a maioria em tratamento expectante ou brando. Discussão e Conclusão: O tratamento deve ser cuidadosamente escolhido, pois, o tratamento agressivo contribui para aumento de comorbidades e queda da qualidade. Os dados são condizentes com a realidade dos pacientes e podem auxiliar os profissionais na decisão terapêutica mais adequada, com impacto positivo na qualidade de vida e na evolução do tratamento dos pacientes com LLC.

Palavras-chave


leucemia linfoide crônica; comorbidades; hematoncologia

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2016 Revista da Faculdade de Ciências Médicas de Sorocaba. ISSN eletrônico 1984-4840



Apoio: ..............................................................................................................................................

    

Fundação São Paulo - Hospital universitário

 



 

Rev. Fac. Ciênc. Méd. Sorocaba, Sorocaba, SP, Brasil, e-ISSN 1984-4840

A Revista da Faculdade de Ciências Médicas de Sorocaba está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.