Comparação do uso de drogas entre acadêmicos do curso de Medicina da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo

Luís Felipe de Oliveira Costa, Ana Carolina Alfani, Tatiana Oliveira Del Nero, Milca Cezar Chade, Vanessa Greghl, Ana Lúcia Tribist, Ana Claudia Favero, André Castro, Carlos von Krakauer Hübner

Resumo


Introdução - Sabe-se há muito tempo que a utilização de drogas está relacionada com prejuízos à saúde humana, no entanto, sua utilização vem aumentando nos últimos anos, principalmente pela população universitária em geral. Alguns meios propiciam a utilização de drogas, como o afastamento dos pais e a ausência de religiosidade. A utilização de drogas está relacionada diretamente com prejuízos econômicos, sociais e intelectuais. Objetivo - Comparar a utilização de drogas entre acadêmicos recém-ingressados e entre aqueles que já apresentam maior tempo de permanência na Faculdade de Medicina da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). Material e Método - Um questionário com 161 questões de múltipla escolha - das quais apenas uma alternativa era considerada válida - foi aplicado, separadamente, entre todos os acadêmicos do primeiro e quarto ano, em 2002. Os alunos responderam ao questionário através de uma folha anônima de respostas. Para a análise dos dados utilizou-se como auxílio o método de Kruskal-Wallis. Resultados - Um total de 192 questionários foram respondidos, sendo 96 do primeiro ano e 96 do quarto ano. A análise dos resultados permitiu identificar uma discrepância entre as respostas dos alunos das duas séries. Os resultados mostraram diferenças de até dois pontos na média das respostas dos alunos dos dois anos, sendo maior para os do quarto ano, em uma escala de 0 até 4 pontos (p < 0,05), sendo considerada uma variação com significância estatística. Discussão - Os alunos que freqüentam uma escola médica conhecem todos os efeitos negativos das drogas, entretanto, o estudo em questão verificou um aumento do uso de drogas mesmo após a inserção do aluno na faculdade. Conclusão - O meio universitário, provavelmente, exerça influência sobre os acadêmicos em relação à utilização de drogas. Esse fato reflete a importância de se pensar em uma estratégia para diminuição do uso de drogas entre os jovens e os universitários.


Palavras-chave


drogas ilícitas; estudantes de medicina; transtornos relacionados ao uso de substâncias

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais



Apoio: ..............................................................................................................................................

    

Fundação São Paulo - Hospital universitário

 



 

Rev. Fac. Ciênc. Méd. Sorocaba, Sorocaba, SP, Brasil, e-ISSN 1984-4840

A Revista da Faculdade de Ciências Médicas de Sorocaba está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.