Atividades físicas realizadas no crossfit e seus efeitos ansiolíticos: uma perspectiva da saúde mental sob a ótica da prevenção primária

Carlos Von Krakauer Hübner, Ana Carolina Oliveira, Gabriela Palma de Brito, Natalie Adler Piepszyk

Resumo


A ansiedade pode ser considerada como reação natural de estado de alerta, sendo patológica quando não há retorno ao estado de equilíbrio. Ocorre que essa resposta atípica ao estresse pode ser considerada normal por estar em consonância com o padrão comportamental atual, em que os hábitos são deletérios à qualidade de vida dos indivíduos. Nesse cenário, práticas que promovam bem estar físico e mental ganham destaque. Embasando-se em aspectos psicobiológicos, discute-se aqui a hipótese da existência de impactos positivos da prática de atividades físicas sobre os sintomas sugestivos de ansiedade, utilizando a modalidade crossfit como referencial. Para tanto, mediante assinatura do termo de consentimento livre e esclarecido pelos 40 alunos participantes, avaliamos o desempenho em escalas de sintomas de ansiedade e depressão antes e após a prática do exercício físico e a influência de algumas variáveis sócio-demográficas nas modificações de desempenho das escalas de sintomas. Os instrumentos utilizados foram: QDSD, EADS 21 e IDATE. Após as atividades de campo, a análise dos dados foi feita por meio da aplicação do Teste de Wilcoxon, da Análise de variância de Friedman e do Teste de Mann-Whitney. Embora as análises tenham mostrado divergência entre itens de melhora quando comparamos gênero masculino e gênero feminino, o desfecho em ambos os sexos é positivo e se traduz em benefícios psicológicos e físicos para os participantes do estudo. Ao comprovar sua hipótese, o estudo cumpre o objetivo de apontar a inclusão da prática de atividades físicas como ação de promoção à saúde e como alternativa funcional se aliada ao tratamento tradicional. Não obstante, mostra que a atuação médica deve partir do princípio da saúde como questão plural, afetada pelo meio e pelas questões sociais. Dessa forma, elementos cotidianos podem ser transformados e contribuírem para o aumento da qualidade de vida dos indivíduos.

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2018 Revista da Faculdade de Ciências Médicas de Sorocaba

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Apoio: ..............................................................................................................................................

    

Fundação São Paulo - Hospital universitário

 



 

Rev. Fac. Ciênc. Méd. Sorocaba, Sorocaba, SP, Brasil, e-ISSN 1984-4840

A Revista da Faculdade de Ciências Médicas de Sorocaba está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.