Efeito da metoclopramida, da ondansetrona ou do placebo na qualidade da recuperação após a administração de morfina intratecal em pacientes submetidos à correção cirúrgica de fraturas de membros inferiores

Eduardo Toshiyuki Moro, Júlia Pinheiro Martinez Serrano, Karina Ramos Ponzeto, Matheus Rodrigues Morais, Ana Caroline Charneca Castro, Veronica Ozaki Gushiken, Thays Donaire Cônsolo

Resumo


Introdução: A administração da morfina pela via intratecal é reconhecida como uma das melhores formas de prevenir a ocorrência de dor pós-operatória em pacientes submetidos à cirurgia ortopédica nos membros inferiores. No entanto, para muitos indivíduos os benefícios observados são acompanhados de efeitos indesejáveis causados pela presença desse opióide no espaço liquórico. Algumas intervenções podem reduzir a ocorrência de tais complicações, como o emprego da metoclopramida e da ondansetrona. Objetivos: O estudo tem como objetivo avaliar e comparar os efeitos da metoclopramida, da ondasterona e do placebo como possíveis agentes benéficos na recuperação dos pacientes submetidos à correção cirúrgica de fratura de membros inferiores após a utilização de morfina no procedimento Metodologia: O estudo envolve a análise de informações coletadas a partir dos questionários que serão aplicados aos pacientes submetidos à cirurgia ortopédica nos membros inferiores no Hospital Santa Lucinda e no Hospital Regional de Sorocaba. Tais questionários serão específicos ao medicamento que for administrado, sendo a escolha de tal medicamento feita de forma randomizada.

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2018 Revista da Faculdade de Ciências Médicas de Sorocaba

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Apoio: ..............................................................................................................................................

    

Fundação São Paulo - Hospital universitário

 



 

Rev. Fac. Ciênc. Méd. Sorocaba, Sorocaba, SP, Brasil, e-ISSN 1984-4840

A Revista da Faculdade de Ciências Médicas de Sorocaba está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.