Fenômeno da centralização fetal em multigesta com hipertensão arterial crônica agravada pela gestação

Sergio Borges Bálsamo, Laís Garcia Lopes Rossi

Resumo


Introdução: A centralização do fluxo sanguíneo fetal é um fenômeno de compensação vascular devido à alteração na resistência da circulação fetal, caracterizado pela redistribuição hemodinâmica do fluxo sanguíneo, com perfusão preferencial para órgãos nobres (cérebro, coração e glândulas adrenais) em detrimento dos demais órgãos, nos quais ocorre vasoconstrição. Tal redistribuição de fluxo sanguíneo é desencadeada pelo estímulo de quimiorreceptores em fetos expostos a condições pobres em oxigênio. Objetivos: Relatar um caso de gestante, acompanhada no Hospital Santa Lucinda durante abril e maio de 2017, com hipertensão arterial crônica que evoluiu com pré-eclâmpsia sobreposta e centralização fetal. Metodologia: Acompanhamento do paciente, revisão do prontuário e da literatura. Relato de caso: J.F.R, gestante, 31 anos, 4G2PC1A, realizou pré-natal de risco na Policlínica Municipal de Sorocaba por antecedentes pessoais de hipertensão arterial crônica (HAC), obesidade e hipotireoidismo, assim como antecedentes obstétricos de hipertensão nas duas gestações anteriores, um parto pré-termo e iteratividade. Evoluiu com uma hipertensão agravada pela gestação com pré-eclâmpsia sobreposta e centralização fetal diagnosticada pelo USG Doppler com 34 2/7 semanas pela DUM e 33 5/7 semanas pelo USG, sendo indicada a resolução da gestação através de parto cesáreo com IG de 35 semanas pela DUM e 34 3/7 semanas pelo 1º USG. Conclusões: A decisão do melhor momento para intervir em gestação pré-termo, comprometida por centralização de fluxo, permanece difícil. A maioria dos autores recomenda a interrupção da gestação em fetos com centralização à dopplervelocimetria após a 34ª semana, principalmente quando associado à restrição do crescimento, enquanto que antes da 34ª semana de gravidez a corticoterapia para aceleração da maturidade pulmonar fetal deve ser instituída, além do acompanhamento da vitalidade fetal.

Palavras-chave


retardo do crescimento fetal; sofrimento fetal; hipertensão arterial

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2018 Revista da Faculdade de Ciências Médicas de Sorocaba

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Apoio: ..............................................................................................................................................

    

Fundação São Paulo - Hospital universitário

 



 

Rev. Fac. Ciênc. Méd. Sorocaba, Sorocaba, SP, Brasil, e-ISSN 1984-4840

A Revista da Faculdade de Ciências Médicas de Sorocaba está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.