Políticas Editoriais

Foco e Escopo

Publicação quadrimestral, em formato eletrônico, a ReCaPe reúne artigos, notícias de pesquisa, resenhas, traduções e entrevistas. As publicações são inéditas, resultantes de pesquisas científicas na área de Administração. Trata-se de uma revista dos Programas de Estudos Pós-Graduados em Administração da PUC-SP e da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da USP. A parceria foi firmada a partir da atuação conjunta entre o Grupo de Pesquisa em Gestão de Carreiras e Transformações no Trabalho da PUC-SP e do Grupo de Pesquisas de Gestão de Carreiras da Universidade de São Paulo.
 
Seu foco de interesse concentra-se em 3 grandes temas:
 
  • Carreiras: produção de conhecimento dedicada à gestão de carreiras, pensamento estratégico na elaboração de planos de carreira e identidades da carreira contemporânea; 
  • Gestão de Pessoas: produção de conhecimento relativa ao contínuo ajuste de expectativas do indivíduo, da empresa, do mercado e das políticas públicas;
  • Capacitação Docente: produção de conhecimento, em perspectiva humanista, na formação de docentes em administração.

Trata-se de um espaço aberto para professores, pesquisadores e estudantes que desejam publicar suas análises, reflexões e resultados de pesquisas realizadas. A revista também está aberta ao público empresarial para suas contribuições. Considera-se ainda, como principal requisito para publicação na ReCaPe, que a produção apresente conteúdo analítico-interpretativo, de maneira coerente com rigor científico na área de estudo do campo da Administração. Para isso, julgamos essencial a presença de pelo menos um professor nos artigos submetidos e publicados.

 

Políticas de Seção

Artigos

##section.default.policy##

Editores
  • Leonardo Trevisan
Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares
 

Processo de Avaliação pelos Pares

O processo de avaliação por pares da Revista de Carreiras e Pessoas consiste nas seguintes etapas:

• O artigo original será analisado pelo editor responsável para verificar se cumpre com os requisitos temáticos e metodológicos e definir a área epistemológica de avaliação a ser direcionada.

• Após esta definição, o artigo será enviado a pares de avaliadores externos, preservando o anonimato dos autores (blind review), que por sua vez, procederão de acordo com os critérios: 1. Publicar sem alterações; 2. Publicar com pequenas alterações, efetuadas pelos avaliadores; 3. Retornar ao autor com orientações de correções a serem efetuadas, podendo ser publicado posteriormente; 4. Retornar ao autor com a reprovação do artigo, sem publicação posterior.

• Os casos de divergência são resolvidos por meio de pareceres positivos ou negativos de cada um dos três editores executivos. Essa medida impede que haja algum tipo de empate.

Os resultados serão encaminhados aos autores através do endereço eletrônico informado no ato da submissão.

 

Periodicidade

Revista de Carreiras & Pessoas (ReCaPe) apresenta volumes anuais com periodicidade quadrimestral. Assim, temos três números por ano, todos publicados no primeiro dia útil do quadrimestre correspondente:

  • Vol. 1 (janeiro/abril): lançamento em 02 de janeiro;
  • Vol. 2 (maio/agosto): lançamento em 02 de março;
  • Vol. 3 (setembro/dezembro): lançamento em 01 de setembro.

 

Política de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre “open access” ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento, podendo os artigos serem lidos, descarregados, distribuídos, impressos ou pesquisados. Esta política também faz com que os autores interessados em divulgar suas pesquisas não sejam onerados em custos de submissão ou publicação.

 

Arquivamento

Esta revista utiliza o sistema LOCKSS para criar um sistema de arquivo distribuído entre as bibliotecas participantes e permite às mesmas criar arquivos permanentes da revista para a preservação e restauração. Saiba mais...

 

Declaração de Código de Ética e Boas Práticas

Objetivando contribuir para a qualidade da Revista de Carreiras & Pessoas - ReCaPe, este Código de Ética visa garantir confiabilidade e credibilidade para os autores, editores, avaliadores, leitores e todos os demais envolvidos na disponibilização do conhecimento científico.

Plágio e dados fraudulentos: Os autores devem declarar que os artigos são de sua própria autoria e que o material de terceiros eventualmente usado é referenciado e empregado de modo legítimo. Não será admitido plágio, falsificação ou fabricação de dados.

Publicação da mesma pesquisa em mais de um periódico: Os autores devem declarar que os artigos submetidos para avaliação e seu conteúdo essencial são inéditos e não estão em processo de avaliação por outra publicação.

Erros em trabalhos publicados: Os autores que identificarem um erro significativo ou imprecisão em seu trabalho publicado deverá informar, imediatamente, o editor da revista e cooperar com o editor para corrigir o artigo.

Periodicidade de publicação por autor: Cada autor só poderá publicar seu artigo uma única vez por ano. Caso um autor tenha dois trabalhos aprovador, obrigatória mente deverá optar pela publicação de apenas um naquele ano.

Responsabilidades dos Autores:

1. Assegurar que todos os dados apresentados no artigo são reais e autênticos;

2. Assegurar que todos os autores contribuiram de maneira significativa no desenvolvimento da pesquisa;

3. Fornecer, quando necessário, correções ou retratações de erros cometidos.

Não será admitida a a inclusão de autores após a aceitação do artigo.

 

Código de Conduta Editorial

Política de Ética em Publicações e Declaração de Procedimentos Impróprios em Publicações

Este Periódico (Revista) tem o compromisso com a ética e qualidade na publicação. Apoiamos padrões de comportamento ético esperado para todas as partes envolvidas na publicação em nossa revista: o autor, o editor da revista, o dos revisores e do editor. Nós não aceitamos plágio ou qualquer outro comportamento antiético.


 Deveres dos Editores:

 • Decisão de publicação: O editor da revista é responsável por decidir quais dos artigos submetidos à revista devem ser publicados. O editor é guiado pelas políticas do conselho editorial da revista e em estrita observância aos requisitos legais em matéria de difamação, violação de direitos autorais e plágio. O editor pode consultar o conselho editorial ou colaboradores na tomada de decisões.

• Regras Justas: O editor deve avaliar manuscritos para o seu conteúdo intelectual, sem distinção de raça, sexo, orientação sexual, crença religiosa, origem étnica, nacionalidade, ou a filosofia política dos autores.

• Confidencialidade: O editor e qualquer equipe editorial não deve divulgar qualquer informação sobre um manuscrito submetido a qualquer outra pessoa, com exceção do próprio autor, revisores, potenciais colaboradores, outros conselheiros editoriais, e do editor, conforme o caso.

• Divulgação e Conflitos de interesse: O editor não deve usar informações que não tenham sido publicadas em sua própria investigação sem o consentimento expresso e por escrito do autor. O editor deve se abster de avaliar manuscritos nos quais tenha algum conflito de interesse resultantes de relacionamentos competitivos ou colaborativos ou qualquer outro tipo de relacionamento ou conexões com qualquer um dos autores, empresas ou (possivelmente) instituições que estejam ligadas / conectadas aos artigos.

• Participação e cooperação nas investigações: O editor deve tomar medidas de resposta razoáveis quando reclamações éticas foram apresentadas em relação a um manuscrito submetido ou artigo publicado.

 

Deveres dos Revisores:

 • Contribuição para a decisão Editorial: A revisão por pares ajuda o editor na tomada de decisões editoriais e através das comunicações editoriais com o autor pode também auxiliar o autor na melhoria do artigo.

• Pontualidade: Qualquer árbitro selecionado que não se sente qualificado para avaliar a pesquisa relatada em um manuscrito ou sabe que a sua imediata revisão será impossível deve notificar o editor e desculpar-se do processo de revisão.

• Confidencialidade: Todos os manuscritos recebidos para avaliação devem ser tratados como documentos confidenciais. Eles não devem ser mostrados ou discutidos com os outros.

• Padrões de objetividade: Comentários devem ser conduzidos de forma objetiva e os avaliadores devem expressar suas opiniões claramente com argumentos de apoio.

• Reconhecimento da Fonte: Pares avaliadores devem identificar obras publicadas relevantes que não tenham sido citadas pelos autores. O revisor também deve chamar a atenção do editor sobre qualquer semelhança substancial ou sobreposição entre o manuscrito em questão e qualquer outro documento publicado de que tenham conhecimento pessoal.

• Divulgação e Conflitos de Interesse: Informação privilegiada ou ideias obtidas através da avaliação pelos pares devem ser mantidas em sigilo e não utilizados para proveito pessoal. Os revisores não devem considerar manuscritos nos quais tenham algum conflito de interesse resultantes de relacionamentos competitivos ou colaborativos ou qualquer outro tipo de relacionamento ou conexões com qualquer um dos autores, empresas  ou (possivelmente) instituições que estejam ligadas / conectadas aos artigos.


Deveres dos Autores:

• Padrões de Relato: Autores de relatórios de pesquisas originais deverão apresentar um relato preciso do trabalho realizado, bem como uma análise objetiva de seu significado. Dados subjacentes devem ser apresentados com precisão no artigo. Um documento deve conter detalhes e referências suficientes para permitir que outros possam replicar o trabalho. Declarações fraudulentas ou intencionalmente imprecisas constituem um comportamento antiético e são inaceitáveis.

• Originalidade e Plágio: Os autores devem garantir que suas obras sejam totalmente originais, e se os autores usaram o trabalho e / ou palavras de outros autores estas devem rer sido devidamente citadas ou cotadas. Plágio em todas as suas formas constitui um comportamento antiético de publicação e é inaceitável.

• Publicações múltiplas, redundantes ou concorrentes: Um autor não deve, em geral, publicar manuscritos que descrevem essencialmente a mesma pesquisa em mais de uma revista ou publicação primária. Submeter o mesmo manuscrito a mais de uma revista simultaneamente e / ou publicar o mesmo artigo em diferentes revistas constituem um comportamento antiético de publicação e é inaceitável.

• Reconhecimento de Fontes: Reconhecimento adequado do trabalho dos outros deve ser feito sempre. Os autores devem citar as publicações que têm sido influente na determinação da natureza do trabalho relatado. As informações obtidas em caráter privado, como na conversa, correspondência, ou discussão com terceiros, não devem ser utilizados ou relatados sem permissão explícita e por escrito da fonte. As informações obtidas no curso de serviços confidenciais, como manuscritos de arbitragem ou pedidos de subvenção, não devem ser utilizados sem a autorização explícita e por escrito do autor do trabalho envolvido nesses serviços.

• Autoria do Artigo: A autoria deve ser limitada a aqueles que fizeram uma contribuição significativa para a concepção, projeto, execução ou interpretação do estudo relatado. Todos aqueles que fizeram contribuições significativas devem ser listados como coautores. Outros que tenham participado em certos aspectos substantivos do projeto de pesquisa também devem ser reconhecido ou listadas como contribuidores. O autor deve se assegurar que todos os coautores adequados e nenhum inadequado estão incluídos no artigo, e que todos os coautores viram e aprovaram a versão final do documento e concordaram em sua apresentação para publicação.

• Divulgação e Conflitos de Interesses: Todos os autores devem divulgar em seus manuscritos qualquer conflito de interesse financeiro ou substantivo / material que poderim levar a influenciar os resultados ou a interpretações em seus manuscritos.. Todas as fontes de apoio financeiro para o projeto devem ser divulgadas.

• Erros fundamentais em obras publicadas: Quando um autor descobre um erro significativo ou imprecisão na sua própria obra publicada, é obrigação do autor notificar imediatamente o editor da revista ou editora e cooperar com o editor para retratar ou corrigir o artigo.

 

Deveres do Publisher

 Estamos empenhados em garantir que a obtenção de verbas de publicidade, reimpressão ou outra receita comercial não tem qualquer impacto ou influência sobre as decisões editoriais.

Os nossos artigos são revisados para garantir a qualidade das publicações científicas e também somos usuários do SafeAssign (software para identificação de plágio).

* Esta Política de Ética é baseada em recomendações da Elsevier e do COPE Diretrizes de Melhores Práticas para Editores de Revistas

 

Diretórios, Bases de Dados e Indexadores

Revista de Carreiras & Pessoas - ReCaPe conta com os seguintes diretórios, bases de dados e indexadores:

 

Diretórios:

Directory of Open Access Journals (DOAJ)

Scientific Periodicals Electronic Library (SPELL)

 
Diadorim
 
 

Bases de Dados:

Sumários.org

 
Google Scholar
 
 
 
Indexadores:
 
Latindex
 
Redalyc (in review)

 

Conselho Editorial

O Conselho Editorial é composto por professores representantes de instituições de ensino e pesquisa. Os membros do Conselho atuam, preferencialmente, mas não exclusivamente, na área de pesquisa em Gestão de Pessoas e Carreiras. Na atuação do Conselho Editorial, não há previsão de reuniões ordinárias, com questões ou pauta prévia definida. Do mesmo modo, não há envolvimento formal dos membros do Conselho Editorial com as instituições envolvidas na publicação da ReCaPe. Cada membro participa dos trabalhos da revista de forma individual, a partir de articulação dos Editores responsáveis.

De fato, cada membro atua como conselheiro na busca de aperfeiçoamentos na Política Editorial do periódico. Cabe a eles divulgar a revista e promover, enquanto perfil estratégico, a participação da Revista de Carreiras e Pessoas no debate acadêmico e profissional dos temas atinentes às linhas de pesquisa relativas à gestão de pessoas e carreiras. Os membros do Conselho Editorial não supervisionam ou interferem no processo editorial, não têm qualquer envolvimento com o processo de seleção e publicação, podendo, porém, participar como avaliadores de artigos. Cabe aos integrantes do Conselho Editorial a análise da consistência da política editorial, sua qualidade acadêmica, bem como de questões éticas pertinentes à gestão editorial. Atendidos estes pressupostos, não há inibição para que os membros do Conselho Editorial submetam seus textos à revista, desde que cumpridos os mesmos procedimentos de avaliação por double blind review a que estão submetidos todos os autores que apresentam artigos para publicação na Revista de Carreiras e Pessoas.