Editorial

Leonardo Trevisan, Joel Souza Dutra, Elza Veloso

Resumo


O mundo do trabalho convive com inédita velocidade de mudança nos formatos de exercício profissional. O Brasil não é exceção neste processo. O primeiro fator impulsionador dessas mudanças é a internacionalização das expectativas organizacionais. Parâmetros e critérios de comparação de tais expectativas deixaram de ser, sequer, regionais. O porte da empresa também não inibe mais a comparação internacionalizada. A constante demanda por integração às cadeias globais de produção, tanto na esfera produtiva, como na prestação de serviço, gera inevitável pressão de mudança nos regimes de trabalho. Buscar referência “além fronteiras” é só o primeiro novo formato nos regimes de trabalho.

Palavras-chave


Carreira; pessoas

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.20503/recape.v3i3.17698

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.