A Trilogia Ibérica de Bigas Luna: Fragmentos de uma Espanha barroca-mestiça

Sílvia Cristina Aguetoni Marques

Resumo


O artigo tem como objetivo principal analisar a relevância da trilogia ibérica, de Bigas Luna como dissecador da cultura espanhola. A trilogia é constituída pelos filmes Jamón jamón (1992); Ovos de ouro (1993) e A teta e a lua (1994) que remontam três importantes momentos políticos da Espanha que vão do franquismo até vinte anos após o seu término. Por meio dos grandes ícones culturais espanhóis, entre eles, a música flamenca e pratos típicos como a tortilla e a paella, Luna analisa a sociedade franquista, a pós-franquista e faz uma alegoria da Espanha barroca-mestiça.

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.