Diálogos na dissertação escolar: um estudo sobre os enunciados de senso comum e de polêmica

Rinaldo Guariglia

Resumo


Este estudo examina duas categorias dialógicas regidas pela argumentação nas redações argumentativas escolares, que respondem pela propagação de sentidos do senso comum (categoria de consenso) e de sentidos que se contrapõem ao senso comum (categoria de polêmica). Há três matrizes dialógicas observadas em redações escolares: os diálogos do sujeito-produtor com outras vozes sociais, com a proposta de redação e, principalmente, com o interlocutor-examinador. Esses diálogos inserem um conjunto de propriedades que ora são manifestações da categoria consensual ora da polêmica, e estão de acordo com o exercício argumentativo do texto. Entre as propriedades dialógicas estão a aplicação de noções generalizantes, a organização de enunciados descritivos, a observação de um raciocínio lógico formalizado, o rompimento com a proposta de redação, a inserção de enunciados interrogativo-retóricos e o uso de paráfrases extraídas da proposta.

Palavras-chave


Polêmica; Senso Comum; Argumentação; Dissertação Escolar

Texto completo:

PDF PDF (English)

Apontamentos

  • Não há apontamentos.