Do tipo textual ao gênero de texto. A redação no vestibular

Maria Helena Cruz Pistori

Resumo


Os atuais documentos oficiais elaborados pelo Ministério da Educação no Brasil têm preconizado o ensino da produção textual por meio do gênero - discursivo ou textual. Seguindo essa linha, o exame vestibular de ingresso a uma das maiores universidades paulistas de 2011 também solicitou dos candidatos a elaboração de três textos, de diferentes gêneros. Com o objetivo de verificar que horizontes teórico-metodológicos fundamentaram a elaboração daquele exame, analisamos os textos do (1) Manual do Candidato, da (2) Prova de redação e da (3) Expectativa da banca. Nosso parâmetro teórico é o conceito de gênero discursivo conforme desenvolvido pelos membros do Círculo de Bakhtin desde 1920. Observamos, então, como essa nova proposta visa avaliar as características que a Universidade espera encontrar em cada um de seus alunos; como utiliza o arsenal teórico nos textos analisados e como garante a avaliação da capacidade argumentativa dos candidatos. Finalmente, sugerimos a possibilidade de trabalho com o gênero “dissertação escolar”.

Palavras-chave


Gênero discursivo; Produção de texto; Vestibular; Argumentação; Bakhtin

Texto completo:

PDF PDF (English)

Apontamentos

  • Não há apontamentos.