COMPORTAMENTO DE RETORNOS DE AÇÕES DA BOVESPA NO PERÍODO DE MARÇO DE 2000 A SETEMBRO DE 2006 - UM ESTUDO EMPÍRICO

Ana Valeria Barbosa da Silva, Andrea Parsekian Arenas

Resumo


O trabalho testa três condições sobre séries retornos de 100 ações da BOVESPA durante o período de Março de 2000 a 15 de Setembro de 2006. As condições testadas são: hipótese de normalidade das séries, o impacto dos dias de melhores e piores retornos sobre o retorno diário médio e a previsibilidade de determinado comportamento padrão. As conclusões são de que a maioria das séries se comportam como uma distribuição normal, a de que os dias de melhores e piores retornos exercem impacto considerável sobre os retornos médios diários e que não há evidências de determinado comportamento padrão, e por fim não caracterizando o objeto de estudo como uma anomalia de mercado através dos resultados deste trabalho.

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Pontifícia Universidade Católica de São Paulo / PUC-SP. Rua Monte Alegre, 984. Cep: 05014-901. São Paulo - SP - Brasil. Faculdade de Economia e Administração (FEA), Departamento de Administração. Fone (11) 3670-8147. ISSN 1414-7394.