Análise de Correlação Canônica das Variáveis Ambientais Internas e Externas que Influenciam na Elaboração do Orçamento das Empresas

Giovani Glaucio Oliveira Costa

Resumo


Devido aos fatores ambientais externos e internos e a competitividade, as empresas precisam adequar-se com o propósito de garantir seu espaço, e a necessidade em controlar as despesas para auferir lucro necessário para remunerar os investimentos e agradar aos investidores. Este trabalho pretende-se estudar a correlação canônica de algumas variáveis ambientais internas e externas que influenciam no processo de elaboração do plano orçamentário da atividade de empresas de um modo geral. Para atingir o objetivo do estudo, uma pesquisa foi realizada junto a 60 executivos representantes de 60 empresas brasileiras. Estas empresas foram classificadas entre pequenas, médias e grandes empresas e de várias áreas de atuação. Sua seleção foi com base numa amostragem aleatória simples das 12.904.523 empresas levantadas no censo das empresas brasileiras de 2012, realizado pelo Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário (IBPT). Cada pesquisado deu uma nota de 1 a 10, com a possibilidade de avaliações até uma casa decimal, à intensidade da influência de cada variável ambiental no planejamento do orçamento de sua empresa. Com o estudo foi possível identificar alta correlação entre as variáveis ambientais (externas e internas). A análise demonstrou que todas as variáveis ambientais têm altas correlações entre si e com os conjuntos formados.


Palavras-chave


variáveis ambientais internas; variáveis ambientais externas, correlação canônica; planejamento orçamentário de organizações.

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Pontifícia Universidade Católica de São Paulo / PUC-SP. Rua Monte Alegre, 984. Cep: 05014-901. São Paulo - SP - Brasil. Faculdade de Economia e Administração (FEA), Departamento de Administração. Fone (11) 3670-8147. ISSN 1414-7394.