ESTRATÉGIA NA BASE DA PIRÂMIDE: UM EXEMPLO DE COMPETITIVIDADE NAS EMPRESAS BRASILEIRAS

Crisomar Souza, Leandro Storini Modesto da Silva

Resumo


Com um baixo poder econômico aquisitivo, a grande maioria da camada mais baixa da sociedade não consegue acesso a produtos ou serviços consumidos nas camadas mais altas. Vender para a camada mais pobre da sociedade, ao invés dos mercados desenvolvidos com os quais as empresas sempre estiveram acostumadas a lidar é um desafio para as empresas que optam por essa estratégia. Prahalad e Hart (2002), produziram um artigo mencionando que a próxima grande oportunidade para as grandes empresas no século XXI estaria em vender para a camada mais pobre da sociedade.Portanto, o objetivo dessa pesquisa foi de identificar as empresas brasileiras que   desenvolveram produtos ou serviços para a base da pirâmide e como estas estratégias as ajudaram a ganharem participação de mercado. Foram escolhidas três empresas que adotaram este conceito como estratégia nos últimos dez anos: Positivo Informática, Banco do Brasil e Gol Linhas Aéreas. A análise foi feita visitando os sites das empresas e a busca por notícias, relacionadas a cada empresa, localizadas em sites, blog e rede sociais.   Primeiro, foi feito um exame de como estas empresas se utilizaram da base da pirâmide para desenvolverem seus negócios em seguida pesquisou-se se a estratégia adotada realmente as ajudou a terem uma maior participação de mercado. Concluiu-se que: i) no Brasil, a base da pirâmide é explorada de forma diferente da teorizada por Prahalad e Hart, aqui as empresas atuam principalmente com as classes C e D, deixando a parcela mais pobre da sociedade de fora de seus esforços de venda, e ii) as três empresas analisadas obtiveram ganhos em participação de mercado portanto, é possível supor que estes são resultados direto da aplicação da estratégia voltada à base da pirâmide.


Palavras-chave


base da pirâmide; estratégia; participação de mercado.

Texto completo:

PDF

Referências


AGÊNCIA NACIONAL DE AVIAÇÃO CIVIL. Demanda e Oferta do Transporte Aéreo. Disponível em: . Acesso em: 19 set. 2015.

_______ . Demanda e Oferta do Transporte Aéreo - Empresas Brasileiras – 2015 - Agosto. Disponível em: . Acesso em: 19 set. 2015.

AMORIM, Henriette Cardoso de. A Gol ainda é uma empresa low fare? Journal of Transport Literature, América do Norte, Vol. 1, n. 1, pp. 23-45, Jan. 2007.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE EMPRESAS DE PESQUISA (Abep). Critério de Classificação Econômica Brasil 2015. Disponível em: . Acesso em: 4 jun. 2015.

BANCO DO BRASIL. Apresentação Institucional (arquivos 1T08, 1T09, 1T10, 1T11, 1T12, 1T13, 1T14 e 1T15). Disponível em: . Acesso em: 04 set. 2015.

_______ . Relatório Anual e de Responsabilidade Socioambiental 2003. Disponível em: . Acesso em: 29 ago. 2015.

_______ . Relatório Anual 2008. Disponível em: . Acesso em: 29 ago. 2015.

_______ . Relatório Anual 2014. Disponível em: .

CAMPANHOLO, Tarcisio; FONTES, Gustavo G. O; SILVA, Aline A. A riqueza na base da pirâmide – Inclusão social pelo consumo e criação de novos mercados. Revista da Católica. Uberlândia, v. 2, n. 3, p. 6-20, 2010.

CORREIOS. Banco Postal. Disponível em: . Acesso em: 07 set. 2015.

CRESWELL, J. W. Projeto de pesquisa: métodos qualitativos, quantitativos e misto. 2ª ed. Porto Alegre: Artmed, 2007.

FILARDI, Fernando; FISCHMANN, Adalberto. Estratégias de Empresas para a Base da Pirâmide: Técnicas e Ferramentas para alcançar os Clientes e Fornecedores da Nova Classe emergente. São Paulo: Atlas, 2015.

GIL, Antonio C. Como elaborar projetos de pesquisa. 4ª edição. São Paulo: Editora Atlas S. A., 2002.

GOL TRANSPORTES AÉREOS S. A. Memória. Disponível em: . Acesso em: 18 set. 2015.

_______ . Relatório Anual 2003. Disponível em: . Acesso em: 19 set. 2015.

_______ . Relatório de Sustentabilidade 2014. Disponível em: . Acesso em: 19 set. 2015.

HAMMOND et al. The Next 4 Billion - Market size and business strategy at the base of the pyramid. 2007. In: NOGAMI, Vitor C. K.; VIEIRA, Francisco G. D.; MEDEIROS, Juliana. Reflexões acadêmicas e de mercado para o Marketing na base da pirâmide. Revista de Negócios. Blumenau, v.17, n.4, p. 55-73, Outubro/Dezembro de 2012.

LETHBRIDGE, Tiago. Tudo bem. Pelo menos até agora. Revista Exame, São Paulo, 19 mai. 2004. Edição 818.

NERI, Marcelo C. et al. De volta ao país do futuro: projeções, crise européia e a nova classe média. Rio de Janeiro: FGV/CPS, 2012. Disponível em: . Acesso em: 11 out. 2015.

NOGAMI, Vitor C. K.; VIEIRA, Francisco G. D.; MEDEIROS, Juliana. Reflexões acadêmicas e de mercado para o Marketing na base da pirâmide. Revista de Negócios. Blumenau, v.17, n.4, p. 55-73, Outubro/Dezembro de 2012.

POSITIVO INFORMÁTICA S. A. Demonstrações Financeiras Padronizadas 2005. Disponível em: . Acesso em: 26 jul. 2015.

_______ . Demonstrações Financeiras Padronizadas 2006. Disponível em: . Acesso em: 26 jul. 2015.

_______ . Demonstrações Financeiras Padronizadas 2007. Disponível em: . Acesso em: 26 jul. 2015.

_______ . Informações Anuais 2008. Disponível em: . Acesso em: 26 jul. 2015.

_______ . Demonstrações Financeiras Padronizadas 2009. Disponível em: . Acesso em: 26 jul. 2015.

_______ . Demonstrações Financeiras Padronizadas 2010. Disponível em: . Acesso em: 26 jul. 2015.

_______ . Demonstrações Financeiras Padronizadas 2011. Disponível em: . Acesso em: 26 jul. 2015.

_______ . Demonstrações Financeiras Padronizadas 2012. Disponível em: . Acesso em: 26 jul. 2015.

_______ . Demonstrações Financeiras Padronizadas 2013. Disponível em: . Acesso em: 26 jul. 2015.

_______ . Demonstrações Financeiras Padronizadas 2014. Disponível em: . Acesso em: 26 jul. 2015.

_______ . Histórico e Perfil Corporativo. Disponível em: . Acesso em: 26 jul. 2015.

PRAHALAD, Coimbatore K.; HART, Stuart L. The fortune at the bottom of the pyramid. Strategy + Business. N.º 26, p. 54-67, Janeiro de 2002.

RICHARDSON, R. J. Pesquisa social: métodos e técnicas. 3ª ed. São Paulo: Atlas, 2012.

VAZ, Danielle. Estratégias de marketing para o consumidor na base da pirâmide. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Administração de Empresas). Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo, São Paulo.

VENCESLAU, Igor. Correios, finanças e uso do território: elementos para um debate sobre o Banco Postal brasileiro. In: VI CONGRESO IBEROAMERICANO DE ESTUDIOS TERRITORIALES Y AMBIENTALES. 2014, São Paulo.

VERGARA, Sylvia C. Projetos e relatórios de pesquisa em administração. 16ª ed. São Paulo: Atlas, 2016.

ZILBER, Silvia N; SILVA, Francisco L. Estratégias das grandes empresas para o mercado brasileiro da base da pirâmide. Economia Global e Gestão. Lisboa, v. 15, n. 2, set. 2010.


Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Pontifícia Universidade Católica de São Paulo / PUC-SP. Rua Monte Alegre, 984. Cep: 05014-901. São Paulo - SP - Brasil. Faculdade de Economia e Administração (FEA), Departamento de Administração. Fone (11) 3670-8147. ISSN 1414-7394.