AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO NO SETOR PÚBLICO: O CASO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA

Eloá Cristina Pinto Vital Rodrigues, Gleiciane Lazarini de Freitas, Eliane Pereira Messias

Resumo


Na Gestão de Pessoas em Instituições Públicas, o processo de avaliação de desempenho se configura com frequência, na aplicação de instrumentos quantitativos com resultados pouco utilizados para desenvolvimento organizacional. A avaliação de desempenho na Administração Pública Federal é utilizada para fins de aprovação em estágio probatório, promoção, pagamento de gratificações de desempenho e progressão funcional. O objetivo deste trabalho é conhecer o processo de avaliação de desempenho no setor público e identificar as dificuldades e os desafios enfrentados pela administração pública, no caso específico da Universidade Federal de Viçosa. Para a realização deste estudo foi utilizada como metodologia a pesquisa qualitativa com revisão bibliográfica, documental e estudo de caso. Verificou-se que a UFV utiliza o método de 360º para sua Avaliação de desempenho, porém seu resultado não cumpre a sua total finalidade, sendo utilizada apenas para efeitos financeiros e não mensurando os resultados obtidos pelo servidor.


Palavras-chave


Avaliação de Desempenho; Administração Pública; Recursos Humanos

Texto completo:

PDF

Referências


BERGAMINI, Cecília Whitaker; BERALDO, Deobel Garcia Ramos. Avaliação de desempenho humano na empresa. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2007.

BERGUE, Sandro Trescastro. Gestão de pessoas em organizações públicas. 2. ed. Caxias do Sul: Educs, 2007.

BOHLANDER, George; SNELL, Scott A.; SHERMAN, Arthur. Administração de recursos humanos. São Paulo: Thomson, 2005.

BRASIL. Lei n. 11.091, de 12 de janeiro de 2005. Dispõe sobre a estruturação do Plano de Carreira dos Cargos Técnico-Administrativos em Educação, no âmbito das Instituições Federais de Ensino vinculadas ao Ministério da Educação. Disponível em: . Acesso em: 15 jul. 2019.

CABRERA, Luiz Carlos. FUNDAP – Gestão de recursos humanos na administração pública. A perspectiva da Gestão de Pessoas. 2008. Disponível em: Acesso em: 12 jul. 2019.

CHIAVENATO, Idalberto. Gestão de pessoas. 2. ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2005.

______. Gestão de Pessoas: o novo papel dos recursos humanos nas organizações. 3. ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2010

DUTRA, Ademar. Gestão de pessoas na área pública. Curso de Especialização em Administração Pública. Joaçaba: Unoesc, 2009.

GIL, Antônio Carlos. Gestão de pessoas: enfoque nos papéis profissionais. São Paulo: Atlas, 2001.

______. Como elaborar projetos de pesquisa. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2010.

GUIMARÃES, Tomas Aquino. A nova administração pública e a abordagem da competência. Revista de Administração Pública. Rio de Janeiro, v.34, n.3, p. 125-140, maio/jun. 2000. Disponível em: . Acesso em 17 jul. 2019.

HIPÓLITO, José Antônio M; REIS, Germano G. A avaliação como instrumento de gestão. In: Fleury, Maria T.L.(coord.). As pessoas na organização. 7. ed. São Paulo: Gente, 2002.

JUSTEN FILHO, Marçal. Curso de Direito Administrativo. 2. ed. São Paulo: Saraiva, 2006.

MARCONI, Marina de Andrade; LAKATOS, Eva Maria. Metodologia do trabalho científico: procedimentos básicos, pesquisa bibliográfica, projeto e relatório, publicações e trabalhos científicos. 7. ed. – 6. reimpr. São Paulo: Atlas: 2011.

MARCONI, Nelson. Políticas Integradas de Recursos Humanos para o Setor Público. In: LEVY, E; DRAGO, P. A. (orgs). Gestão pública no Brasil contemporâneo. São Paulo: Edições Fundap, 2004.

MARRAS, Jean Pierre. Administração de Recursos Humanos. 3. ed. São Paulo: Futura, 2000.

MEIRELLES, Hely Lopes. Direito administrativo brasileiro. 25. ed. São Paulo: Malheiros, 2000.

MODESTO, Paulo. Estágio Probatório: questões controversas. Revista Diálogo Jurídico, Salvador, CAJ –Centro de Atualização Jurídica, no 12, março, 2002. Disponível em: . Acesso em: 20 jul 2019.

NASCIMENTO, Edson Ronaldo. Gestão Pública. 2. ed. - rev. e atualizada. São Paulo: Saraiva, 2010.

NASCIMENTO, Ana Beatriz; LOAILL, Renata. Concurso Público, um sonho de duas palavras. 2008. Disponível em: . Acesso em: 20 jul 2019

NOGUEIRA, Roberto Passos; SANTANA, José Paranaguá de. Gestão de recursos humanos e reformas do setor público: tendências e pressupostos de uma nova abordagem. Programa de Desenvolvimento de Recursos Humanos da Organização Pan-Americana de Saúde, França, 2000.

PALUDO, Augustinho Vicente. Administração Pública: teoria e questões. Rio de Janeiro: Elsevier, 2010.

PRODANOV, Cleber Cristiano; FREITAS, Ernani Cesar de. Métodos e técnicas da pesquisa e do trabalho acadêmico. 2. ed. Novo Hamburgo: FEEVALE, 2013.

PIRES, Alexandre Kalil. et al. Gestão por competências em organizações de governo. Brasília, DF: ENAP, 2005.

PONTES, Benedito Rodrigues. Avaliação de desempenho: nova abordagem. 9. ed. São Paulo: L TR, 2005

RIBEIRO, Elizabete Inez Boing. Gestão de pessoas. Associação Educacional Leonardo da Vinci (Asselvi). Indaial: Asselvi, 2007

SALEME, Samira Bissoli. Módulo de recursos humanos, avaliação e desempenho. Vila Velha: ESAB, 2008.

SILVA, Ana Lúcia Dias da. Avaliação de desempenho nas organizações públicas brasileiras com enfoque especial no poder judiciário do estado do Rio de Janeiro. Trabalho de Conclusão de Curso. Rio de Janeiro. 2004. Disponível em: . Acesso em: 18 jul 2019.

YIN, Robert k. Estudo de caso: planejamento e métodos. 4. ed. Porto Alegre: Bookman, 2010.




Pontifícia Universidade Católica de São Paulo / PUC-SP. Rua Monte Alegre, 984. Cep: 05014-901. São Paulo - SP - Brasil. Faculdade de Economia e Administração (FEA), Departamento de Administração. Fone (11) 3670-8147. ISSN 1414-7394.