Raciociocínio Abdutivo, Criatividade e Auto-organização

Maria Eunice Quilici Gonzalez, Willem (Pim) Ferdinand Gerardus Haselager

Resumo


neste trabalho a natureza do pensamento criativo, focalizando as noções de raciocínio abdutivo, tal como caracterizado por Peirce, bem como as premissas centrais da teoria da auto-organização (TAO). Como hipótese inicial, caracterizaremos a criatividade como um processo de auto-organização, no qual ocorre o raciocínio abdutivo, possibilitando a expansão de conjuntos bem estruturados de crenças. Tal como originalmente caracterizada por Peirce, a abdução — em contraste com a dedução e a indução — constitui um modo de inferência sobre o qual se estrutura o raciocínio criativo. Este se inicia com a percepção de anomalias ou de problemas aparentemente insolúveis: surpresas e dúvidas iniciam o processo abdutivo de busca e geração daquelas hipóteses que, se consideradas verdadeiras, poderiam resolver os problemas em questão. Argumentaremos que a abdução, considerada como um tipo de heurística, constitui um guia para o processo de expansão de crenças. Nossa hipótese central é que esse processo pode ser investigado, de uma perspectiva teórica, em termos da dinâmica de formação de parâmetros de ordem que moldam o fluxo de disposições disponíveis aos sistemas que se auto-organizam. Essa hipótese será desenvolvida em 3 etapas: Na primeira, apresentamos as principais etapas do raciocínio abdutivo, tal como caracterizado por Peirce (1931—1958), considerando a sua relevância para o presente estudo da criatividade. Esse tipo de raciocínio é apresentado como uma forma particular de atividade dos sistemas dinâmicos auto-organizados. Na etapa seguinte, introduziremos as principais premissas da toria da autoorganização (TAO), ilustrando assim a sua aplicação em sistemas dinâmicos criativos. Finalmente, focalizaremos as noções de hábito e de parâmetro de ordem, caracterizando os sistemas dinâmicos criativos nos quais o raciocínio abdutivo parece ocorrer. Com base nessas três etapas, desenvolveremos então uma abordagem interdisciplinar da criatividade, envolvendo contribuições da semiótica, teoria da auto-organização e teoria dos sistemas dinâmicos.

Palavras-chave


abdução; auto-organização; crenças; criatividade; disposições; hábitos; parâmetros de ordem

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Apoio: