A presença da semiótica de C. S. Peirce nas reflexões de Gilles Deleuze sobre os signos

Rogério da Costa Santos

Resumo


Este artigo investiga a presença da semiótica de C. S. Peirce na filosofia de Gilles Deleuze. O interesse pelas ideias de Peirce se deu a partir da parceria que Deleuze estabeleceu com Félix Guattari, e que se manifesta no uso dos conceitos de semiótica e diagrama em sua obra conjunta “Mil platôs”. Mais tarde, Deleuze faria um uso mais aprofundado da semiótica de Peirce em seus livros e cursos sobre cinema.


Palavras-chave


Deleuze; Imagem; Peirce; Semiótica; Signo.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.23925/2316-5278.2019v20i2p286-303

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Apoio: