Conversão pastoral: imperativo ou modismo?

Sérgio Conrado

Resumo


A conversão pastoral tornou-se um elemento imprescindível para a Igreja hoje. No contexto espiritual de conversão, a pastoral necessita ser pensada pelos agentes de pastoral sob dois aspectos: a ação interior da graça de Deus e a mediação humana. A Conferência de Aparecida insiste para que o caráter missionário atinja todas as instâncias da Igreja: a institucional (estruturas) e a individual e comunitária (pessoas). Para tanto não basta a descoberta de novo instrumental ou estratégias. É necessário que haja uma transformação interior, baseada no encontro pessoal e comunitário com Cristo e, ao mesmo tempo, a manifestação exterior pelas ações. Trata-se de descobrir, por parte de todos os cristãos e agentes de pastoral, as exigências da fé como compromisso com a vida interna da Igreja e com sua ação no mundo.

Palavras-chave


Missão eclesial; Conversão Pastoral; Estruturas; Pessoa; Comunidade

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.19176/rct.v0i76.14994

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais



A Revista de Cultura Teológica está:

Associada a:

Indexada em:

  Google Acadêmico

Presença em Bibliotecas: