Sacerdócio real: dom de Deus para constituir um povo sacerdotal

Valeriano dos Santos Costa

Resumo


Começam, em 2012, as comemorações dos cinquenta anos do início do Concílio Vaticano II. É necessário salientar as grandes conquistas que esse Concílio trouxe para a Igreja e para a humanidade. Entre estas, destaca-se a eclesiologia Povo de Deus e, em decorrência, o conceito de sacerdócio real ou sacerdócio “comum de todos os fiéis” por graça do batismo, que por séculos desapareceu da reflexão eclesial. O sacerdócio real, ao seu modo, participa do único sacerdócio de Cristo e constitui o patamar para se falar de uma Igreja sacerdotal e toda ministerial. Então, o povo da Nova Aliança é um povo sacerdotal.

Palavras-chave


Povo sacerdotal; Serviço; Participação; Cristo Sumo Sacerdote; Nova Aliança

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.19176/rct.v0i75.15325

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais



ISSN Online 2317-4307 | Impresso (descontinuada) 0104-0529

A Revista de Cultura Teológica e os textos aqui publicados estão licenciados com uma Licença Creative Commons Attribution-NoDerivatives 4.0 International. Baseado no trabalho disponível em http://revistas.pucsp.br/culturateo. Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em http://revistas.pucsp.br/culturateo.


A Revista de Cultura Teológica está:

Associada a:

Indexada em:

  Google Acadêmico

Presença em Bibliotecas: