O sonho de uma “Igreja Samaritana”: A perícope de Lc 10,25-37 como paradigma do agir cristão a partir do Documento de Aparecida

Heitor Carlos Santos Utrini

Resumo


Entre todos os textos bíblicos citados pelo Documento de Aparecida, a passagem do “Bom Samaritano” parece ser um dos que melhor funciona como chave de leitura para esse texto. O próprio Documento fala do ideal de uma “Igreja samaritana” (nº 26) e, ao longo do texto, a perícope é explicitamente mencionada diversas vezes, isso sem falar das alusões. O discípulo é convidado a levar a mensagem da salvação à humanidade que jaz à beira do caminho (nº 29). Nessa dinâmica, não se pode ignorar os sofrimentos dos outros, sob pena de não ser um autêntico seguidor de Cristo (nº 358). A Igreja, em sua própria estrutura, é atingida por esse apelo, uma vez que a paróquia também deve ser uma boa samaritana (nº 176). Partindo desse pressuposto, a apresentação se dividirá em dois momentos: primeiramente, oferecerá um comentário ao texto lucano e, logo depois, tendo como pano de fundo o Documento de Aparecida, estabelecerá um diálogo entre a passagem evangélica e seus apelos teológicos e pastorais. A Igreja, por meio do Documento de Aparecida, pretende despertar novos discípulos missionários e descobre que o autêntico discipulado é aquele que passa pela dinâmica do bom samaritano (nº 135 e 537), que é o paradigma do seguimento cristão.


Palavras-chave


Evangelho de Lucas; Bom samaritano; Novo Testamento; Teologia Bíblica; Documento de Aparecida

Texto completo:

PDF

Referências


BARTOLOMÉ, J. J. Comer en común. Una costumbre tipica de Jesús y su proprio comentario (Lc 15). Salesianum, Roma, vol. 55, pp. 669-712, 1982.

BAUMAN, Z. — DONSKIS, L. Cegueira Moral. A perda da sensibilidade na modernidade líquida. Rio de Janeiro: Zahar, 2014.

BEALE, G. K. – CARSON, D. A. (orgs) Comentário do Uso do Antigo Testamento no Novo Testamento. São Paulo: Vida Nova, 2014.

BENTO XVI. Carta Encíclica “Deus Caritas est”. São Paulo: Paulinas, 2007.

BULTMANN, R. História de La Tradición Sinóptica. Salamanca: Sígueme, 2000.

CIPRIANO DE CARTAGO. De lapsis. In: MIGNE, J.-P. Patrologia Latina, vol. 4. Paris, 1844.

CONSELHO EPISCOPAL LATINO-AMERICANO. Documento de Aparecida. Texto conclusivo da V Conferência Geral do Episcopado Latino-Americano e do Caribe. Brasília/São Paulo: Edições CNBB/Paulus/Paulinas, 2012.

ESTEVEZ, E. Significado de ΣΠΛΑΓΧΝΙΖΟΜΑΙ en el NT. Estudios Biblicos, Madrid, vol. 48 pp. 511-541, 1990.

FABRIS. R. La Parabola del Buon Samaritano (Lc 10,25-37). Parola, Spirito e Vita, Bologna, vol. 11, pp. 126-141, 1979.

FEUILLET, A. Le Bon Samaritain (Luc 10,25-37): Sa signification christologique et l’universalisme de Jésus. Esprit et Vie, Paris, vol. 24, pp. 337-351, 1980.

FITZMYER, J. A. El Evangelio según Lucas. Traducción y comentario, vol. III (8,22—18,14). Madrid: Cristiandad, 1987.

FRANCISCO. “Homilia da Santa Missa com os Novos Cardeais (15/02/2015)”. Disponível em: . Acesso em 27 de setembro de 2017.

__________. Exortação Apostólica “Evangelii Gaudium”. São Paulo: Paulus, 2013.

__________. “Mensagem do Santo Padre Francisco para o XXIII Dia Mundial do Doente 2015”. Disponível em: https://w2.vatican.va/ content/francesco/pt/ messages/sick/ documents/papa-francesco_20141203_giornata-malato.html. Acesso em 27 de setembro de 2017.

GONZÁLES FAUS, F. Herejias del Catolicismo Actual. Madrid: Editorial Trotta, 2013.

__________. Vicarios de Cristo: Los pobres en la Teología y la spiritualidad cristianas. Antología comentada. Madrid: Editorial Trotta, 1991.

KRUBY, K. L’amour du prochain dans la pensée juive. Nouvelle Revue Théologique, Bruxelles, vol. 91, pp. 493-516, 1969.

LÉGASSE, S. Qui est mon prochain? Étude sur l’objet de l’agapè dans Le Nouveau Testament. Paris: Les Éditions Du Cerf, 1989.

JEREMIAS, J. Las Parábolas de Jesús. 4 ed. Estella: Verbo Divino, 1974.

JOÃO CRISÓSTOMO. “Discurso 5 sobre o Gênesis”. In: BROTTIER, L. Sources Chrétiennes, vol. 466. Paris: Les Éditions du Cerf, 1998.

JOÃO PAULO II. Carta Apostólica “Novo millenio ineunte”. São Paulo: Paulus/Loyola, 2001.

__________. Carta Encíclica “Laborem Exercens”. 7 ed. São Paulo: Loyola, 1996.

KÖSTER, H. σπλαγχνίζομαι κ.τ.λ. In: KITTEL, G. – FRIEDRICH, G. Grande Lessico del Nuovo Testamento, vol. XII. Brescia: Paideia, 1979, col. 904-934.

LIDDELL, H. G — SCOTT, R. A. A Greek-English Lexicon. Oxford: The Clarendon Press, 1968.

MEIER, J. P. Un Judío Marginal. Nueva visión del Jesús histórico, vol. V (La autenticidad de las parábolas a examen). Estella: Verbo Divino, 2017.

MENKEN, M. J. J. The position of ΣΠΛΑΓΧΝΙΖΕΣΘΑΙ and ΣΠΛΑΓΧΝΑ in the Gospel of Luke. Novum Testamentum, Leiden, vol. 30, pp. 107-114, 1988.

MONLOUBOU, L. ― DU BUIT, M. Samaritain. In: ID. Dictionaire Biblique Universel. Bris: Desclée, 1984, p. 674.

ORÍGENES. Homélies sur S. Luc. In: DE LUBAC, H. – DANIÉLOU, J. (edd.) Sources Chrétiennes, vol. 87. Paris: Les Éditions du Cerf, 1962.

PEDRO DAMIÃO, Epistola XXXII ad suos eremitas Monasterii Gamughensis S. Barnabae. In: MIGNE, J. P. Patrologia Latina, vol. 144. Paris: 1853.

PRONZATO, A. Tras las huellas del Samaritano. Peregrinación al santuário del hombre. Santander: Editorial Sal Terrae, 2003.

RAMAROSON, L. Comme ‘Le Bon Samaritain’ ne cherche qu’à aimer. Biblica, Roma, vol. 56, pp. 533-536, 1975.

SABOURIN, L. Il Vangelo di Luca: Introduzione e commento. Roma/Casale Monferrato: Editrice Pontificio Istituto Biblico/Piemme, 1989.

SCHMID, J. El Evangelio según San Lucas. Barcelona: Herder, 1968.

SKA, J.-L. Introdução à Leitura do Pentateuco. São Paulo: Loyola, 2003.

TERNANT. P. Le Bon Samaritain (Lc 10,25-37). Assemblées du Seigneur, Paris, vol. 46, pp. 66-77, 1974.

VAN DEN BORN, A. — SAULNIER, C. Samaritanos. In: BOGAERT, P. M. Diccionario Enciclopédico de la Biblia. Barcelona: Herder, 1993, pp. 1388-1389.




DOI: https://doi.org/10.23925/rct.i93.39160

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Revista de Cultura Teológica

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

A Revista de Cultura Teológica está:

Associada a:

Indexada em:

  Google Acadêmico

Presença em Bibliotecas: