Dom e Carisma na economia: reflexões a partir do pensamento de Chiara Lubich

Marcio Luiz Fernandes, Cleiton Costa de Santana

Resumo


O presente artigo versa sobre a busca de critérios e motivações econômicas que contrastem com a lógica instrumental predominante nos dias de hoje. O nosso percurso teórico partirá da distinção entre economia formal e substantiva, conforme enunciada por Karl Polanyi, passará pela crítica à lógica utilitarista, chegando à exigência do resgate de critérios em desuso, como o dom e a reciprocidade, presentes nos carismas. Aproximamo-nos, assim, do carisma e do pensamento de Chiara Lubich, perscrutando nesses os elementos antropológicos e a lógica relacional que sejam capazes de infundir a economia. Entendemos que, como realidade comunitária, o carisma engendra e fortalece, nas relações, a dinâmica do dom, sendo, assim, capaz de realocar a lógica instrumental para aquelas relações que são estritamente instrumentais. Por fim, apresentamos a Economia de Comunhão como exemplo concreto de realização econômica que busca estabelecer novas formas de pensar e agir na economia.


Palavras-chave


Dom; carisma; Chiara Lubich; Economia de Comunhão

Texto completo:

PDF

Referências


BRUNI, Luigino. A ferida do outro: Economia e relações humanas. Abrigada: Editora Cidade Nova, 2010.

BENTO XVI. Carta encíclica Caritas in Veritate, sobre o desenvolvimento humano integral na Caridade e na Verdade.

CODA, Piero. Sobre a teologia que irrompe a partir do carisma da Unidade. ABBA, revista de cultura. Vol. I, ano 1998. Trad. José Maria de Almeida.

CODA, Piero. Un carisma nella storia come sguardo dal centro. In Carisma, storia, cultura: una lettura interdisciplinare del pensiero di Chiara Lubich. Roma: Città Nuova Editrice, 2014.

CAILLÉ, Alain. Antropologia do dom: o terceiro paradigma. Petrópolis: Vozes, 2002.

CIARDI, Fabio. Carismi: Vangelo che si fa storia. Roma: Città Nuova, 2011.

CONSTITUIÇÃO DOGMÁTICA LUMEM GENTIUM. In Compêndio do Vaticano II: constituições, decretos, declarações. 31ª edição. Editora Vozes: Petrópolis, 2016.

FERNANDES, Valdir. A racionalização da vida como processo histórico: crítica à racionalidade econômica e ao industrialismo. Cadernos Ebape. v. 6, nº 3, Set. 2008.

GRASSO, Domenico. I Carismi nella Chiesa: teologia e storia. Brescia: Editrice Quereniana, 1982.

LUBICH, Chiara. O sim do homem a Deus. São Paulo: Editora Cidade Nova, 1981.

LUBICH, Chiara. Paradiso di ’49 in Il Patto del ’49 nell’esperienza di Chiara Lubich: percorsi interdisciplinari. Roma: Città Nuova editrice, 2012.

LUBICH, Chiara. Ressurreição de Roma. In ABBA, revista de cultura. Vol. I, 1998.

POLANYI, Karl. A grande transformação: as origens da nossa época. Rio de Janeiro: Campus, 2000. Trad. Fanny Wrobel.

POLANYI, Karl. A subsistência do homem e ensaios correlatos. Rio de Janeiro: Contraponto, 2012. Trad. Vera Ribeiro.

WEBER, Max. Economia e sociedade: fundamentos da sociologia compreensiva, volume 2. Brasília: Editora Universidade de Brasília, 2012. Trad. Regis Barbosa e Karen Elsabe Barbosa.

ZANGHÌ, Giuseppe Maria. Leggendo un carisma: Chiara Lubich e la cultura. Roma: Città Nuova editrice, 2013.




DOI: https://doi.org/10.23925/rct.i93.38660

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Revista de Cultura Teológica

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

A Revista de Cultura Teológica está:

Associada a:

Indexada em:

  Google Acadêmico

Presença em Bibliotecas: