A linguagem mística de Gregório de Nissa: a inabitação trinitária em perspectiva kenótica hoje

Maria Freire da Silva

Resumo


O presente artigo tem por objetivo apresentar alguns elementos da linguagem mística de Gregório de Nissa e, ao mesmo tempo, mostrar a relevância de sua mística para o homem atual, identificando aspectos que podem ser referenciais na busca do transcendente, tão presente no modo comportamental do homem de hoje. Essa compreensãose articula a uma perspectiva kenótica pela qual se deve passar para o encontro com o divino que,sendo imanente, permanece transcendente.

Palavras-chave


Mística; inabitação trinitária; encontro; incompreensibilidade; Kénosis

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.19176/rct.v0i86.26049

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais



ISSN Online 2317-4307 | Impresso (descontinuada) 0104-0529

A Revista de Cultura Teológica e os textos aqui publicados estão licenciados com uma Licença Creative Commons Attribution-NoDerivatives 4.0 International. Baseado no trabalho disponível em http://revistas.pucsp.br/culturateo. Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em http://revistas.pucsp.br/culturateo.


A Revista de Cultura Teológica está:

Associada a:

Indexada em:

  Google Acadêmico

Presença em Bibliotecas: