Relação entre Natureza e Graça – Breve apresentação histórica

Matheus Bernardes

Resumo


A relação natureza e graça tem sido objeto de estudo de muitos teólogos. Ainda não se pode afirmar que exista uma compreensão total do tema; permanece tema aberto para a reflexão teológica. A breve apresentação que se segue trata somente das reflexões principais que surgiram na história do estudo antropológico-teológico: as contribuições de Agostinho de Hipona e Tomás de Aquino, a controvérsia sobre o estado da natura pura, os desvios do agostiniasmo e do tomismo e os estudos dos séculos XIX e XX sobre o tema, especialmente o pensamento de Henri De Lubac. Não pôde deixar de lado toda a reflexão que nasce do giro teológico pós-conciliar, especialmente a partir da Constituição Pastoral Gaudium et spes e a consideração do ser humano concreto e sua história de vida em relação com Aquele que é o rosto da graça, Jesus Cristo.

Palavras-chave


Graça; Natureza; Humano; Jesus Cristo; Agostiniasmo; Tomismo

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.19176/rct.v0i86.26050

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais



ISSN Online 2317-4307 | Impresso (descontinuada) 0104-0529

A Revista de Cultura Teológica e os textos aqui publicados estão licenciados com uma Licença Creative Commons Attribution-NoDerivatives 4.0 International. Baseado no trabalho disponível em http://revistas.pucsp.br/culturateo. Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em http://revistas.pucsp.br/culturateo.


A Revista de Cultura Teológica está:

Associada a:

Indexada em:

  Google Acadêmico

Presença em Bibliotecas: