Terapia psicanalítica em crianças deficientes auditivas

Vera Regina Gardim Ribeiro Marcondes Fonseca

Resumo


Neste trabalho, o autor expõe as dificuldades e dúvidas nascidas quando se trabalha com crianças deficientes auditivas partindo-se de um referencial psicanalítico. Discutem-se as particularidades do material das sessões de tais pacientes, principalmente no que diz respeito aos efeitos mais precoces da deficiência auditiva no desenvolvimento emocional. Em seguida, os problemas tecnicos são abordados salientando-se a necessidade de se buscar novas formas, além das verbais, para a comunicação entre paciente e terapeuta.

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




A revista Distúrbios da Comunicação e os textos aqui publicados estão licenciados com uma Licença Creative Commons Attribution-NoDerivatives 4.0 International. Baseado no trabalho disponível em https://revistas.pucsp.br/dic. Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em https://revistas.pucsp.br/dic.