O trabalho do fonoaudiólogo com um grupo de pais de crianças deficientes auditivas

Elizabeth Crepaldi de Almeida, Maria Cecília Bevilacqua

Resumo


Nosso texto tem como objetivo tecer comentários sobre a atuação do fonoaudiólogo em um determinado grupo de pais.
No estudo descrito participaram 22 mães que faziam patê de uma instituição pública do Estado de São Paulo.
A ênfase do estudo se encontra nos diferentes momentos que este grupo passou, utilizando o referencial teórico proposto por Luterman (1984) no que se refere às características de desenvolvimento de um grupo de pais de deficientes auditivos. Acreditamos que a mudança de postura do profissional, de provedor de informações para aquele que aceita o momento da família, que compartilha com os pais suas dúvidas, sentimentos e emoções favorece para que a orientação flua melhor.

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




A revista Distúrbios da Comunicação e os textos aqui publicados estão licenciados com uma Licença Creative Commons Attribution-NoDerivatives 4.0 International. Baseado no trabalho disponível em https://revistas.pucsp.br/dic. Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em https://revistas.pucsp.br/dic.