A inclusão da criança surda no ensino comum

Maria Cecília Bonini Trenche

Resumo


Este artigo ressalta a importância da existência de projetos educacionais que efetivamente forneçam condições para inclusão da criança surda na rede de ensino comum. Aborda como questão central o desafio da escola de encarar os problemas de linguagem que afetam a aprendizagem da criança diferente. Propõe que a escola não apenas identifique as dificuldades de linguagem decorrentes da condição imposta pela surdez, mas, sobretudo, busque condições que permitam enfrentar o conflito no processo de interlocução – professor/alunos ouvintes e criança surda – em sala de aula. Em relação à produção de texto, entendo que a escrita da criança surda veicula sentidos, o professor poderá auxilia-la a constituir-se como autora do próprio discurso, discutindo com ela sobre as pistas que precisam ser fornecidas ao leitor de seu texto a fim de que os sentidos atribuídos se aproximem daqueles ela pretende alcançar.

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




A revista Distúrbios da Comunicação e os textos aqui publicados estão licenciados com uma Licença Creative Commons Attribution-NoDerivatives 4.0 International. Baseado no trabalho disponível em https://revistas.pucsp.br/dic. Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em https://revistas.pucsp.br/dic.