De Piaget a Vygotsky com escala em Wallon: uma viagem possível?

Glaís Sales Cordeiro

Resumo


O número de trabalhos publicados sobre aquisição de linguagem é expressivo, embora o tema continue a suscitar novas publicações na área das ciências humanas.
Toda via, esses trabalhos têm privilegiado o período lingüístico, caracterizado pela palavra. O período anterior, pré-verbal ou pré-lingüístico, provoca ainda muitas interrogações. Entre elas, as articulações entre a inteligência prática (inconsciente) e o pensamento consciente mediado pela linguagem. Neste artigo, são apresentados aspectos das teorias de Piaget, Wallon e Vygotsky referentes ao período pré-verbal e a sua transição para o período lingüístico, além de um diálogo “polifônico” entre os três autores, que rastreia pistas que possam contribuir para uma compreensão dos processos psicolingüísticos aí envolvidos.

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




A revista Distúrbios da Comunicação e os textos aqui publicados estão licenciados com uma Licença Creative Commons Attribution-NoDerivatives 4.0 International. Baseado no trabalho disponível em https://revistas.pucsp.br/dic. Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em https://revistas.pucsp.br/dic.