Avaliação da autopercepção do handicap auditivo em idosos

Edneia Sestren, Lilian Cassia Bornia Jacob, Luis Gonzaga Callefe, Katia de Freitas Alvarenga

Resumo


O objetivo do presente estudo foi analisar a autopercepção do handicap auditivo em idosos de um Centro de Convivência do Idoso (CCI), localizado na cidade de Itajaí, SC. Foram avaliados 40 idosos na faixa etária de 60 a 79 anos por meio do questionário de auto-avaliação Hearing Handicap Inventory for the Elderly – HHIE. A casuística foi dividida em dois grupos: Grupo I (26 mulheres) e Grupo II (14 homens). A análise dos resultados foi realizada considerando-se o grau de perda auditiva obtido por meio da média dos limiares das freqüências de 500, 1000 e 2000 Hz. Os resultados indicaram que a percepção do handicap auditivo foi independente do grau de perda auditiva. Uma porcentagem maior das participantes do sexo feminino (58%) revelou percepção do handicap auditivo, em comparação a 43% dos participantes do sexo masculino.


Palavras-chave


idosos; perda auditiva; handicap auditivo.

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




A revista Distúrbios da Comunicação e os textos aqui publicados estão licenciados com uma Licença Creative Commons Attribution-NoDerivatives 4.0 International. Baseado no trabalho disponível em https://revistas.pucsp.br/dic. Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em https://revistas.pucsp.br/dic.