Avaliação do benefício de próteses auditivas com diferentes tipos de processamento do sinal por meio da aplicação do questionário APHAB

Angela Gordo, Renata C. Scharlach, Maria Cecília M. Iório

Resumo


Objetivos: quantificar e comparar o benefício obtido por usuários de próteses auditivas lineares e não-lineares por meio do questionário de auto-avaliação APHAB (Abbreviated Profile for Hearing Aid Benefit). Métodos: A população estudada foi distribuída em três grupos: 20 usuários de próteses auditivas analógicas, sendo 10 usuários do tipo TILL (K-amp, não-linear) e 10 do tipo Limitação por Compressão (linear) e 10 usuários de próteses com Processamento Digital do Sinal (não-linear). Resultados: em cada um dos ambientes sonoros propostos pelo questionário, todos os usuários obtiveram benefício real com a adaptação das próteses auditivas, exceto em situações de exposição a sons aversivos. Comparando os três grupos, não foi possível observar diferença significante entre eles. Conclusão: não houve diferença entre o benefício obtido por meio de próteses com diferentes tipos de processamento do sinal.

Palavras-chave


perda auditiva sensorioneural; auxiliares de audição; questionários; autoavaliação

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




A revista Distúrbios da Comunicação e os textos aqui publicados estão licenciados com uma Licença Creative Commons Attribution-NoDerivatives 4.0 International. Baseado no trabalho disponível em https://revistas.pucsp.br/dic. Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em https://revistas.pucsp.br/dic.