Estratégias para obter a atenção discente no contexto universitário: o papel da voz do professor

Emilse Aparecida Merlin Servilha, Ana Paula da Silva Monteiro

Resumo


O objetivo deste estudo foi investigar as estratégias que professores universitários utilizam em sala de aula para obter a atenção dos alunos, com destaque para os recursos vocais. Participaram 18 professores, que ministram aulas teóricas para alunos de Fonoaudiologia de uma universidade do interior do estado de São Paulo, os quais responderam a uma entrevista semi-estruturada com questões sobre identificação, dados de carreira docente e recursos utilizados para obter a atenção dos alunos em sala de aula. Os resultados mostraram uso variado de técnicas de ensino, porém, com predomínio da expositiva. As estratégias para obter a atenção do aluno foram reunidas em três modalidades: 1) recursos internos ao professor, como linguagem bem estruturada, definição articulatória, variação de freqüência e intensidade vocal, uso de pausas e ênfases, contato visual com os alunos, pedido de atenção ou silêncio, uso de gestos; 2) recursos externos ao professor, como a utilização de equipamentos audiovisuais e 3) relação teoria-prática, na qual os professores contextualizam o assunto para o aluno, trazendo para a sala de aula sua experiência. Diante da ineficácia dessas estratégias, optavam por mudar a dinâmica da aula, conversar com os alunos e suspender o discurso para criar um clima de expectativa. Conclui-se que os professores valorizaram os conteúdos, o tipo de aula e o uso de recursos audiovisuais na relação professor-aluno e que os recursos vocais foram lembrados e utilizados como estratégia para captar a atenção discente.

Palavras-chave


voz; docentes; conhecimentos; atitudes; promoção de saúde

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




A revista Distúrbios da Comunicação e os textos aqui publicados estão licenciados com uma Licença Creative Commons Attribution-NoDerivatives 4.0 International. Baseado no trabalho disponível em https://revistas.pucsp.br/dic. Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em https://revistas.pucsp.br/dic.