A leitura de pessoas com baixa visão adquirida sob o processo de reabilitação

Mayla M. B. Monteiro, Keila M. M. de Carvalho, Maria Elisabete R. F. Gasparetto, Rita de Cassia I. Montilha

Resumo


Objetivo: determinar como sujeitos com baixa visão adquirida que participaram do processo de reabilitação utilizam a leitura em sua vida diária. Método: A investigação foi realizada através de pesquisa descritiva e transversal. A população foi composta por sujeitos com baixa visão adquirida que participaram do Programa de adultos e adolescentes de Reabilitação do CEPRE /FCM /Unicamp em 2008. Foi aplicado um questionário por entrevista, desenvolvido por pesquisa exploratória. Resultados: População constituída por 30 sujeitos. Verificou-se que a maioria dos indivíduos (75,2%) declarou não ser capaz de compreender o texto na primeira vez em que lê, mas apenas 68,7% da população declarou ter a necessidade de ler o texto novamente. Os motivos que levaram 30,0% dos indivíduos a abandonar a leitura foram a dificuldade de ver e a fadiga ocular. Conclusão: O abandono de atividades de leitura e a dificuldade para entender o texto, justificam a necessidade de enfatizar o trabalho de leitura durante o processo de reabilitação.


Palavras-chave


baixa visão, leitura, auxilios opticos e não opticos, reabilitação.

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




A revista Distúrbios da Comunicação e os textos aqui publicados estão licenciados com uma Licença Creative Commons Attribution-NoDerivatives 4.0 International. Baseado no trabalho disponível em https://revistas.pucsp.br/dic. Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em https://revistas.pucsp.br/dic.